Seguro viagem: entenda a importância desse seguro - Konkero
ATENÇÃO! Nunca solicitamos depósito ou pagamento para liberação de empréstimo. Isso é ilegal.

Seguro viagem: entenda a importância desse seguro

Descubra por que é tão importante ter um seguro viagem e saiba o que fazer caso você precise usar o seu!

Entre os mais variados tipos de seguro, está o seguro viagem. Esta modalidade é feita para proporcionar mais segurança aos que estão fazendo uma viagem internacional, apesar de também poder ser contratada para viagens nacionais. Imprevistos podem acontecer em qualquer situação, e quando acontecem fora do país onde você mora, as coisas podem ser um pouco mais complicadas.

É possível contratar este seguro junto com o pacote de viagem ou à parte. Mas você sabe mesmo qual é a importância dele e quais são as coberturas oferecidas? Saiba qual a segurança que o seguro viagem traz para os contratantes!

Seguro viagem: qual a importância?

O seguro viagem é feito para dar auxílio e assistência aos contratantes na ocorrência de algum imprevisto ou situação que possa comprometer o restante da viagem, como a necessidade de uma internação médica, o extravio de bagagens, interrupção de viagem, ou ainda se acontecer alguma fatalidade, como invalidez ou morte.

Principalmente em ocasiões que pedem auxílios médicos, como acidentes ou doenças, o seguro é de grande ajuda, uma vez que os serviços hospitalares podem ter valores muito mais altos lá do que aqui no Brasil.

Oferecendo um seguro de vida, as seguradoras procuram proporcionar aos seus clientes a segurança de que, mesmo no caso de imprevistos, eles podem contar com a ajuda do serviço contratado e não perder a viagem por completo, dependendo da ocasião.

Sendo assim, a sua contratação é muito importante para proteger o viajante de situações complicadas durante o período em que estiver fora de casa, principalmente se estiver fora do território nacional, onde as coisas podem ser diferentes.

Há ainda alguns destinos que não permitem a entrada de turistas que não tenham o seguro. É o caso de alguns países da Europa, como Espanha, Itália, Alemanha, França, Portugal, entre outros. Então, além da segurança, o seguro pode ser necessário para que o viajante consiga desembarcar no seu destino e aproveitar a viagem.

Quais as coberturas oferecidas

Assim como todo seguro, o seguro viagem oferece coberturas básicas e também as adicionais, que podem ou não ser incluídas no plano contratado. Confira quais são as mais comuns:

  • Despesas médicas, hospitalares e odontológicas;
  • Traslado de corpo;
  • Traslado médico – cobre despesas necessárias para transferir o viajante que está em um centro de saúde para outro, se for preciso;
  • Regresso sanitário – caso o viajante não possa fazer a viagem por conta de alguma doença ou acidente previsto em contrato, o seguro cobre o seu retorno para o lugar de origem;
  • Morte em viagem – beneficiários recebem a indenização caso o segurado venha a óbito durante a viagem;
  • Invalidez permanente total ou parcial – a indenização é direcionada ao segurado em caso de acidentes que resultem em invalidez;
  • Extravio, roubo, furto ou danos às bagagens;
  • Assistência funeral;
  • Cancelamento de viagem – o seguro cobre algumas despesas que não podem ser reembolsadas caso a viagem seja cancelada depois de começar, como a hospedagem e transporte.

Há ainda outras coberturas possíveis, a depender da seguradora.

Como usar o seguro viagem

Caso você esteja aproveitando a sua viagem e precise utilizar alguma cobertura inclusa no seguro que contratou, você deve entrar em contato com a seguradora, para que ela te passe as instruções corretas de acordo com a sua situação.

Ao viajar, não esqueça de levar a apólice junto com você. É nela que você poderá ver qual o número de telefone para o qual deve ligar para conseguir a assistência necessária. Ao conversar com a empresa, não deixe de conferir se o plano contratado cobre a situação pela qual você está passando.

As soluções podem ser diferentes: o seguro pode indicar algum centro médico para o qual você pode ir e ser atendido, ou até enviar um médico ou ambulância até você. Por isso é importante que, antes de tudo, você fale com a seguradora, para saber exatamente o que fazer para solucionar o problema.

Veja também!