Plano odontológico sem carência: saiba como contratar - Konkero
ATENÇÃO! Nunca solicitamos depósito ou pagamento para liberação de empréstimo. Isso é ilegal.

Plano odontológico sem carência: saiba como contratar

Descubra como fazer a contratação e usar os serviços do plano odontológico sem ter que esperar pelo período de carência! 

Os planos de saúde facilitam o acesso do cliente a atendimentos médicos, exames e outras terapias. Para quem precisa fazer o acompanhamento regular com algum profissional por conta de uma doença crônica ou problema de saúde, o convênio médico facilita o agendamento e garante uma rede de atendimento maior.

Quem pretende fechar um plano médico para conseguir o atendimento deve ficar atento em relação à restrição de alguns procedimentos. Isso acontece por conta da carência praticada pelas empresas. Até completar determinados meses de contratação, o beneficiário não poderá fazer alguns exames e outros tipos de atendimento.

A carência também ocorre nos planos odontológicos. Geralmente, as empresas liberam consultas de urgência e emergência após 24 horas da contratação, mas, para fazer extrações, radiografias e outros procedimentos cirúrgicos, é necessário uma quantia mínima de dias vigentes do plano. É possível conseguir um convênio dentário sem carência ou até mesmo com restrições menores, porém, existem algumas coisas importantes a saber sobre esse tipo de plano. Confira!

Como funciona o plano odontológico sem carência

A Agência Nacional de Saúde Suplementar, a ANS, indica que atendimentos de emergência e urgência devem ser liberados em até  24 horas após a contratação dos planos médicos. Portanto, em caso de acidentes pessoais, o cliente que tiver contratado o plano odontológico há pelo 1 (um) dia já pode receber o atendimento, enquanto a carência para conseguir outros diagnósticos, fazer exames, cirurgias e colocar próteses pode levar até 180 dias.

Algumas empresas trabalham com carências menores ou a possibilidade de diminuir esse período, fazendo com que o beneficiário e dependentes consigam fazer procedimentos em menor tempo. No entanto, o cliente terá que pagar mais caro pelo plano para conseguir essa facilidade.

Para liberar o cliente de carência com mais dias, alguns convênios oferecem a contratação anual do plano odontológico. Como a empresa terá a garantia de que o pagamento pelos 12 meses do ano já foram feitos, a liberação de exames, cirurgias e demais procedimentos não terá que ser restrita aos dias vigentes da carência de um plano mensal. Nesses casos, após 24 horas, o cliente poderá ter atendimento emergencial e também fazer acompanhamentos, radiografias e outras cirurgias.

Vale a pena contratar um plano odontológico anual?

Para os clientes que desejam fazer procedimentos ortodônticos, como a colocação de aparelho, alguma restauração, tratamentos de canal e outros tipos de procedimento mais longos, o plano odontológico anual é uma forma de conseguir obter o atendimento mais rápido e sem carência.

Quem precisa fazer apenas consultas de rotina, limpezas e pequenas reparações, o plano odontológico mensal pode suprir esses tipos de consultas, mas, se caso for necessário alguma radiografia ou outro procedimento mais específico, terá que esperar o tempo de carência do plano ou fazer o pagamento pelos serviços separadamente.

Fique atento! Antes de contratar um convênio odontológico, verifique todas as regras referentes à carência do plano, incluindo quais os procedimentos que estão inclusos e por quanto tempo é necessário esperar para conseguir eles. A maioria das empresas trabalha com a carência mínima de 24 horas, portanto, mesmo que o plano contratado for mensal ou anual, o beneficiário deverá esperar por esse prazo mínimo.

Veja também!