Como funciona um plano de saúde com coparticipação

Quem opta por esse tipo de seguro, gasta menos na mensalidade quando comparado a um plano tradicional, mas precisa pagar por consultas e exames. Confira como funciona um plano de saúde com coparticipação!

O plano de saúde que tem coparticipação é bem parecido com um seguro tradicional, pois em ambos os casos, você paga as parcelas mensais e tem direito a atendimento na rede credenciada. A diferença, no caso da coparticipação, é que você paga por cada exame ou consulta que fizer, além da mensalidade do plano.

Por conta desta diferença, a parcela cobrada mensalmente no plano de coparticipação custa menos do que a mensalidade de um seguro tradicional. Então, quem não precisa de tantas consultas ou exames com frequência tende a gastar menos com a coparticipação.

Outra vantagem é que você só precisa pagar as consultas ou os exames. Para cirurgias ou internações, não é necessário gastar nenhum valor a mais.

Que tal simular o seu plano de saúde antes de contratar? Conheça a Qualicorp e encontre o plano de saúde ideal para você. Clique aqui e faça a sua cotação online.

Compare os planos de saúde

Peça orçamento destes dois tipos de plano de saúde para saber os custos de cada um. Em seguida, calcule a diferença que existe na mensalidade. Veja só um exemplo:



Vamos supor que o plano tradicional custa R$ 200, enquanto a opção com coparticipação custa R$ 120. Escolhendo o plano mais barato, você vai economizar R$ 80 por mês (que se transformará em uma economia de R$ 960 em um ano).

Depois de fazer essa conta, veja quanto você terá de pagar por consulta ou exame no plano de coparticipação. Imagine que você gastará R$ 30 por consulta. Isso significa que se você fizer menos de 32 consultas em um ano, o plano de coparticipação deste exemplo ainda será a melhor opção.

Veja também!




comentários