Por que vale a pena contratar um seguro residencial

O seguro residencial não é caro e protege sua casa contra incêndios, explosões e raios. Veja por que contratar esse serviço!

Comprar um imóvel é uma conquista que exige bastante dinheiro e planejamento. Tanto que quando você tem a sua casa ou o seu apartamento, precisa proteger este bem e o dinheiro que investiu na compra. E fazer um seguro residencial é uma forma de se prevenir das situações que trazem bastante prejuízo, como roubos e incêndios.

Veja agora dois bons motivos para procurar um seguro para a sua casa:

1. O imóvel é um investimento para a sua família

Acidentes podem acontecer. Se infelizmente a sua casa for atingida por algum incêndio, ou alagamento, imagine o dinheiro que você teria que conseguir em pouco tempo para cobrir o conserto de tudo e recuperar móveis e eletrodomésticos perdidos.

Quando você paga mensalmente o seguro residencial, gasta aos poucos um valor que pode precisar no futuro. E o que estiver na apólice deste seguro será coberto financeiramente pela empresa. Por exemplo, o plano básico cobre incêndios, explosões e queda de raios. Mas você pode pagar a mais e proteger o imóvel contra enchentes, batidas de veículos, roubos e danos a aparelhos elétricos. Você só precisa analisar os riscos que a sua casa corre e colocar as proteções no orçamento do seguro.

2. O preço é acessível

Não sairá muito caro ter essas proteções básicas. O valor do seguro residencial costuma ser entre 0,1% e 0,3% o valor do sinistro, ou seja, quanto a seguradora vai pagar para você caso aconteça algum acidente. Se o seguro vai reembolsar R$ 100 mil, você terá que pagar entre R$ 100 e R$ 300 por ano para proteger seu imóvel.

Fique ligado: imóveis financiados têm seguro

Se você está pagando o financiamento da casa, ela está protegida com o seguro habitacional. Ele é obrigatório e protege o imóvel contra incêndios, explosões e desmoronamentos. A diferença: o seguro habitacional também termina de pagar as parcelas do financiamento caso o comprador faleça ou sofra um acidente que o impeça de terminar de pagar.

Ficou interessado?

Procure um banco ou corretora que ofereça o seguro residencial e faça uma cotação. Se você comprar com uma corretora, saiba que essa empresa precisa estar habilitada pela Superintendência de Seguros Privados (Susep). Para consultar essa informação, clique aqui.

Veja também!




comentários