Máquina de cartão: tire 8 dúvidas sobre o equipamento

Esclareça as principais dúvidas sobre as maquininhas de cartão!

Máquina de cartão: tire 8 dúvidas sobre o equipamento

Quem trabalha com a venda de produtos e serviços deve levar em conta a contratação de uma máquina de cartão para ajudar na gestão do caixa no dia a dia. O equipamento se tornou importante, desde pequenos negócios até grandes empresas, por conta da facilidade de fazer transações rápidas e mais seguras.

Muitas empresas facilitaram o acesso às maquininhas por meio da compra do equipamento para utilizá-lo durante a atividade profissional. Embora tenha um uso prático para receber pagamentos, algumas pessoas ainda têm dúvidas em relação aos processos de transferências e cobranças da máquina de cartão. Pensando nisso, montamos um guia para esclarecer as principais dúvidas sobre as maquininhas. Veja abaixo!

Esclareça 8 questões sobre as máquinas de cartão

1. Quais tipos de cartão posso aceitar na maquininha?

Uma boa parte das máquinas de cartão à venda no mercado aceitam somente os pagamentos de cartão de débito e cartão de crédito. Entretanto, alguns equipamentos também permitem receber os valores de compras de voucher de alimentação – cartões de benefícios para utilizar em supermercados, bares, restaurantes e lanchonetes. Caso tenha um desses tipos de negócio, verifique as bandeiras aceitas pela maquininha antes de comprar ou alugar o aparelho para conseguir receber valores sem problemas.

Algumas maquininhas também aceitam pagamentos por leitura de QR Code. Com a função, o cliente não precisa do cartão físico, basta abrir o aplicativo disponível no celular e efetuar a leitura do código emitido na máquina de cartão para pagar a compra.

2. Onde recebo as vendas feitas na máquina de cartão?

Existem duas formas principais utilizadas pelas fabricantes para transferir os valores captados pelas maquininhas ao empreendedor. Na compra ou aluguel da máquina de cartão, o responsável pode cadastrar uma conta bancária para que a empresa envie os lucros obtidos com o uso da maquininha, já com o desconto das taxas pelos pagamentos recebidos.

Outras empresas liberam uma conta digital para que o gerente da maquininha receba os valores e gerencie por meio de um aplicativo. Um cartão de débito pré-pago é enviado para o dono do negócio conseguir fazer pagamentos na função débito e sacar em caixas eletrônicos o saldo disponível em conta.

3. Em quanto tempo recebo o valor das vendas?

Os pagamentos realizados com cartão de débito costumam ser transferidos ao cliente em pouco tempo, no máximo 2 dias. Como o valor é descontado diretamente da conta corrente, a transferência do preço recolhido é feita de forma mais rápida.

A liberação dos valores pagos à vista com cartão de crédito costuma depender do plano de recebimento contratado pelo profissional que utiliza a maquininha. É possível receber em até 1 dia útil, como acontece nos pagamentos com cartão de débito, mas as taxas cobradas pelas empresas serão mais altas. Quem escolhe receber os lucros após 30 dias da compra, por exemplo, paga uma taxa menor à fabricante do equipamento.

4. Como funcionam as taxas praticadas pelas empresas?

Quem utiliza as maquininhas de cartão precisa repassar uma parte da cada venda feita à fabricante do equipamento. Esse custo é descontado de acordo com a taxa cobrada pela empresa nos pagamentos com cartão de débito, cartão de crédito e vale-refeição. Geralmente, as compras pagas no débito têm taxas menores, enquanto os pagamentos no crédito, que são confirmados pela administradora do cartão, possuem taxas mais caras.

5. Quais pagamentos posso receber na maquininha?

As máquinas de cartão podem receber pagamentos na função débito, crédito à vista e crédito parcelado. Pagamentos parcelados costumam ter um acréscimo de taxa conforme a quantidade de parcelas que foram feitas na compra. Não deixe de conferir essa regra quando for contratar a maquininha, e descubra como funciona o recebimento dos valores das compras parceladas.

Máquina de cartão: solicite sem sair de casa
Moderninha PagSeguro: sem cobrança de mensalidade e a máquina sai por 12 de R$ 59,90
SumUp: sem cobrança de mensalidade e a máquina sai por 12 de R$ 29,90

6. Devo pagar o aluguel ou comprar o equipamento?

A resposta para essa pergunta varia de acordo com o negócio do empreendedor e as condições oferecidas pela empresa da maquininha. Em alguns locais, ao atingir uma meta de vendas durante o mês com a máquina de cartão, o aluguel fica isento – opção viável para quem recebe um bom volume de vendas e consegue mantê-lo todos os meses.

Para outros comerciantes que vendem em menor quantidade, comprar o equipamento pode ser melhor, pois é possível parcelá-lo e pagar durante alguns meses. No final do período, o equipamento é seu, só será necessário repassar o equivalente às taxas das compras para a companhia de pagamentos que vendeu a maquininha.

7. Não tenho CNPJ. Posso ter uma máquina de cartão?

Sim. A compra da máquina de cartão pode ser feita por CPF pelos profissionais que não possuem empresa aberta, mas trabalham com uma atividade informal ou em um pequeno negócio. Nesses casos, os valores recebidos pelas maquininhas são depositados em uma conta corrente comum ou na conta digital aberta pela empresa.

8. Como escolher a maquininha ideal para o meu negócio?

Na hora em que for comprar ou alugar uma máquina de cartão, é importante considerar o seu volume de vendas e as condições gerais para trabalhar com a maquininha em seu negócio. A Konkero possui um guia sobre como escolher o melhor equipamento para receber pagamentos de cartões. Leia e descubra o que levar em conta na hora de contratar uma maquininha!

Veja também!





Solicite seu empréstimo

Leandro Oliveira: formado em Jornalismo pela Universidade Santo Amaro. Trabalha com produção de conteúdo há 2 anos, diretamente com pautas sobre finanças pessoais e produtos financeiros. Iniciou sua carreira como estagiário em produção de conteúdo na Konkero e, hoje, ocupa a função de Assistente na criação e atualização de pautas e matérias.


Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL