Entenda a diferença entre curso técnico e tecnólogo

  • Google+
  • LinkedIn

Os dois são profissionalizantes que aceleram a entrada no mercado de trabalho. Descubra agora qual deles atende a sua necessidade



Quer abrir as portas do mercado de trabalho sem precisar de uma graduação? Uma saída é investir em um curso profissionalizante. Esse tipo de formação ajuda o estudante a se especializar em uma área, o que facilita a entrada no mercado de trabalho. Entre os profissionalizantes, estão os cursos técnicos e os tecnólogos.

Técnico

É uma formação que tem o foco na prática da profissão e que também pode ser cursada por quem está no ensino médio. O técnico costuma durar de um a dois anos e prepara o aluno para entrar no mercado de trabalho. Alguns exemplos de áreas desta formação são: Gestão e Negócios, Ambiente e Saúde, Recursos Naturais, Turismo etc. Acesse o site do Ministério da Educação (MEC) para conhecer todas as áreas disponíveis, mas não deixe de pesquisar sobre a qualidade do curso que escolher. Como o MEC não controla o credenciamento dos técnicos, pois isso é responsabilidade de cada estado, você precisa ter muito cuidado na hora de decidir onde estudar.

Se ainda estiver na dúvida, um caminho é entrar em um dos cursos técnicos que estão em alta e continuarão em crescimento nos próximos anos, como programação e análise de marketing. E não deixe de perguntar se o curso que você escolheu aceita financiamentos, como Fies, Pravaler e Pronatec.

Empréstimo online: solicite sem sair de casa
Simplic: empréstimos de R$ 500 a R$ 2.500.
Lendico: empréstimos de R$ 2.500 a R$ 35 mil.
BomPraCrédito: compare e contrate empréstimos de diferentes bancos

Tecnólogo

Diferentemente do técnico, o tecnólogo é um curso superior de tecnologia, ou seja, você só pode entrar depois que terminar o ensino médio. Outra diferença que existe entre eles está no tipo de diploma que você recebe. Ao concluir um tecnólogo, que é considerado uma graduação, você está liberado para prestar concurso público de nível superior e cursar uma pós-graduação – o que não acontece com quem tem somente o técnico.

Além disso, o MEC controla os tecnólogos e, com isso, você descobre facilmente no site do Ministério se o curso que você escolheu está com a regulamentação em dia. Este cuidado é importante porque um tecnólogo sem reconhecimento do MEC também não tem validade no mercado de trabalho, ou seja, você sai no prejuízo. Veja mais sobre como escolher um superior em tecnologia.

Em relação à graduação tradicional, o tecnólogo tem uma duração menor, normalmente de dois anos, e as disciplinas são voltadas para a prática. Por esse motivo, ele consegue preparar o aluno para o mercado de trabalho em menos tempo do que uma graduação comum.



Ganhe uma bolsa para fazer faculdade

A concorrência acirrada entre faculdades fez aumentar o número de bolsas oferecidas por elas. É possível fazer faculdade com descontos de até 70% no valor da mensalidade. O QueroBolsa é um portal que reúne dezenas de faculdades com centenas de opções de bolsas.

O processo é todo online. Você escolhe o curso, faz o cadastro, vê as condições de bolsa e faz a matrícula online, basta clicar aqui.



Ainda tem dúvidas?

Saiba mais aqui sobre os cursos profissionalizantes e decida qual a melhor formação para o que você precisa.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.