Encontre as melhores taxas para o financiamento estudantil

O que financiar Detalhes
Cursos de graduação e mestrado nas faculdades inscritas no programa

Valor financiado: Entre 50 e 100% do curso
Juros: 0,53% ao mês

Graduação, pós-graduação, MBA e cursos técnicos em instituições que têm parceria com o programa

Valor financiado: 50% do curso
Juros: De 0 a 2,19% ao mês, dependendo do curso

O financiamento do Bradesco pode ser usado para custear todo o curso, no entanto, sua contratação precisa ser renovada semestralmente.

Valor financiado: 1 semestre por contratação
Juros: 2,56% ao mês.

Existem alguns caminhos para conquistar o seu diploma mesmo se você acredita que não pode gastar essa grana agora. Isso porque o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Pravaler são dois financiamentos estudantis que reduzem as parcelas pagas por mês e aumentam o prazo de pagamento da sua formação. Além disso, bancos como o Bradesco, também oferecem alternativas para o estudante conquistar o seu diploma.

Como escolher o melhor financiamento estudantil


O Fies, que é do Governo Federal, tem os menores juros do mercado, oferece alternativas para financiamento de 50 ou 100% do curso e permite que o aluno pague o curso em um período maior do que o Pravaler, que é privado e só permite o financiamento de 50% do curso. Por outro lado, costuma ser mais difícil conseguir a aprovação no Fies e você só pode antecipar o pagamento quando concluir o curso. No caso do financiamento oferecido pelo Bradesco, por exemplo, o estudante consegue financiar um semestre para pagar em até 12 vezes. Desta forma, renovando o empréstimo a cada novo semestre que se inicia, é possível financiar o curso inteiro.

A recomendação da Konkero é: tente a aprovação no Fies e, se não der certo, peça um orçamento no Pravaler. Caso você não consiga em nenhum dos dois, aí sim, pode valer a pena procurar por uma agência do Bradesco para saber as condições do financiamento estudantil.