Conheça o financiamento do governo para reformar

  • Google+
  • LinkedIn

Conheça como funciona o financiamento do governo para ajudar nas reformas. Saiba mais sobre o Fimac FGTS!



Quem pretende reformar ou construir uma casa poderá financiar o material pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), com a linha de crédito Fimac FGTS. Esta é uma linha de crédito do Governo específica para quem trabalha com carteira assinada e tem, no mínimo, três anos de depósito na conta do FGTS. Se você está neste perfil, fique por dentro das regras.

Como funciona o Fimac FGTS

O financiamento de materiais de construção Fimac FGTS libera o uso de até R$ 20 mil para reformar, ampliar ou construir um imóvel urbano ou rural, contanto que ele esteja avaliado em até R$ 500 mil.

Os interessados precisam dar um valor mínimo de 5% do crédito utilizado que vão pegar emprestado, ou seja, se você quer R$ 10 mil para fazer a reforma, deverá ter em mãos R$ 500 para conseguir o financiamento.

O Fimac FGTS cobra uma taxa de juros máxima de 12% ao ano, e quem pegar o financiamento terá até 10 anos para quitá-lo.

Quem pode financiar pelo Fimac FGTS?

Para solicitar o crédito, é preciso ter pelo menos três anos de carteira assinada (CLT). Existem duas possibilidades:



1. Estar empregado com registro na hora de pedir o empréstimo. Nesse caso, o financiamento é liberado sem outras restrições.



2. Não estar empregada com registro atualmente. Aqui, o financiamento só será liberado se o fundo de garantia tiver um saldo de pelo menos 10% do valor do imóvel. Ou seja, se a casa que você vai reformar custa R$ 300 mil, o seu FGTS deverá ter pelo menos R$ 30 mil para o empréstimo ser liberado.

E um detalhe: não é permitido sacar o dinheiro do seu fundo de garantia para pagar. Ele será usado somente como base para o banco ceder o empréstimo.

Veja também





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.