2ª via do RG: como e onde tirar

  • Google+
  • LinkedIn

Basta ir a um posto de atendimento do governo mais próximo ou procurar a delegacia da sua cidade, caso não exista nenhum posto de atendimento que preste esse serviço na sua região.

onde-investir-dinheiro



Perdeu a carteira de identidade? Não tem problema. Você pode emitir a 2ª via do RG, mas provavelmente pagará uma taxa por isso. No Poupatempo da cidade de São Paulo, essa cobrança só não é feita para mulheres com mais de 60 anos, homens com mais de 65 e desempregados por mais de três meses que apresentarem a carteira de trabalho.

Os lugares mais indicados para pedir a 2ª via do RG são os postos de atendimento do governo, como o Poupatempo (SP), Rio Poupa Tempo (RJ), UAI (MG), Faça Fácil (ES), Na Hora (DF), o Vapt Vupt (GO) e o Tudo Fácil (RS), onde dá para tirar a 2ª via de vários outros documentos e, em muitos casos, eles saem na hora. Porém, se o lugar onde você mora não tiver nenhum destes postos de atendimento, basta comparecer a um centro de identificação da Polícia Civil e fazer o pedido da 2ª via do RG.

Uma alternativa para tirar a segunda via de documentos é utilizar os serviços da cartórios.com.vc, com ele você consegue fazer o pedido sem sair de casa, com rapidez e segurança

Documentos para tirar a 2ª via do RG (identidade)

Confira quais documentos precisará levar:





  • 1 foto 3×4 original e recente;
  • Certidão de nascimento original e uma cópia simples;
  • Certidão de casamento original e uma cópia simples (se houver);
  • Boletim de Ocorrência original ou cópia simples – apenas no caso de furto ou roubo, para isentar o pagamento de taxa;
  • CPF original ou comprovante de inscrição da Receita Federal – para pagamento da taxa de 2ª via, ou para quem deseja que apareça no novo RG;
  • Cartão do Cidadão original – somente para quem deseja que o número apareça no novo RG, podendo ser substituído por PIS ou PASEP.

 

Veja também: Como tirar a 2ª via do CPF pela internet





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.