4 passos para quem quer vender o imóvel

  • Google+
  • LinkedIn

O que você não pode deixar de verificar para não ter problemas na imobiliária ou no banco

4 passos para quem quer vender o imóvel



Quem decide colocar o imóvel à venda, normalmente vai até uma imobiliária para que os especialistas avaliem se a propriedade está preparada para ser vendida. E não só o imóvel precisa estar regularizado, mas a situação do seu CPF também. “A imobiliária pode checar até se você tem algum processo trabalhista. Qualquer coisa que comprometa o futuro comprador pode barrar a venda”, afirma William Gomes, gerente de financiamento imobiliário do VivaFinanciamento. Por isso, confira agora quais os quatro passos que você pode seguir para evitar problemas nesse processo e valorizar seu imóvel na avaliação.

1. Organize a documentação

Verifique se todos os documentos listados abaixo estão regularizados. Separe-os, pois eles serão pedidos pela imobiliária e pelo banco, caso o comprador faça um financiamento:

  • Matrícula do Imóvel: você a recebe quando compra a sua casa. Nela, consta o número de registro do imóvel no cartório. Se você não saiba onde está a matrícula da sua casa, vá até um cartório de registro de imóveis e solicite uma nova;
  • Capa do carnê do IPTU;
  • Documentos pessoais: RG e CPF (originais e cópia). Perdeu algum deles? Clique aqui e saiba como tirar a 2ª via do RG e aqui para saber o que fazer caso tenha perdido o seu CPF;
  • Comprovante de endereço: pode ser uma conta de água ou de luz, por exemplo.

2. Confira se você não está com nenhuma dívida ou processo

Se estiver, você não conseguirá realizar a venda. Além disso, o seu imóvel não pode ser a garantia de nenhum tipo de processo. Caso você esteja em alguma dessas situações, regularize a sua condição o quanto antes.

3. Verifique as condições do seu imóvel

A casa precisa estar em ordem para que a venda possa ser aprovada. E, quanto melhor conservada, mais será valorizada. “As condições físicas e estruturais precisam estar adequadas, pois o banco vai enviar um engenheiro para vistoriar o imóvel. Rachaduras estruturais, reformas não regularizadas nas matrículas e irregulares podem inviabilizar o financiamento”, afirma William. Com base na vistoria feita pelo engenheiro, o banco irá determinar o valor que o seu imóvel tem. Se a propriedade for rejeitada pela vistoria, você terá que arrumar os defeitos apontados pelo engenheiro para colocá-la novamente à venda. Clique aqui e confira seis situações que deixam o seu imóvel irregular e aprenda como resolvê-las.



Dica: se for reformar, saiba que nem sempre este investimento vale a pena. Clique aqui e confira o que mudar antes de vender a casa.



4. Deixe o imóvel em bom estado de conservação

Lembre que o futuro comprador precisa ter uma boa impressão do seu imóvel assim que fizer a visita. Por isso, cuide da aparência da propriedade. “Uma boa pintura na fachada e na parte interna da casa, pisos nivelados, portas e janelas que abrem e fecham sem esforço, por exemplo, ajudam a não depreciar o imóvel”, assegura Denis Levati, corretor de imóveis e coordenador de conteúdo imobiliário do VivaReal. “É importante ficar atento a estes itens porque eles são os primeiros pontos avaliados por quem está comprando”, completa. 

Eu preciso ser cliente do banco em que o imóvel será financiado?

Depende. A Caixa, por exemplo, exige que o vendedor crie uma conta poupança para depositar o dinheiro da venda. Porém, outras instituições não fazem a mesma exigência. Não deixe de conferir essa informação diretamente no banco onde o comprador fará o financiamento.

Veja mais





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.