Financiamento de carros usados: como funciona - Konkero
ATENÇÃO! Nunca solicitamos depósito ou pagamento para liberação de empréstimo. Isso é ilegal.

Financiamento de carros usados: como funciona

Entenda como funciona o financiamento de carros usados e veja como você pode fazer para comprar um usado sem ter que pagar à vista!

O financiamento de carros é uma das formas mais utilizadas para adquirir um veículo, pois permite que o comprador tenha o carro em mãos no momento da compra e faça o pagamento parcelado, com o acréscimo de juros, não tendo que desembolsar o valor integral do carro de uma vez só.

Embora essa forma de pagamento seja muito utilizada em carros novos, que são vendidos em concessionárias, quem quer comprar um carro usado também pode fazer um financiamento e pagar de maneira mais flexível. Dependendo do lugar de compra ou do proprietário do automóvel, o financiamento é uma alternativa possível, tornando mais acessível a aquisição do carro.

Saiba agora como funciona o financiamento de carros usados e saiba onde você pode encontrar esse tipo de pagamento.

Financiamento de carros usados: como funciona

No financiamento tradicional, isto é, de carros novos, o comprador fecha o negócio com uma instituição financeira que oferece esse tipo de serviço, e passa a fazer pagamentos mensais para ela, ao mesmo tempo em que já pode usar o carro comprado. Enquanto ele paga as parcelas, o carro está no nome dele, e não há problema em circular com o automóvel por qualquer lugar.

Além disso, o interessado deu um valor mais alto de entrada, financiando apenas o valor restante. No entanto, há empresas que permitem o financiamento do valor total, não exigindo o valor alto da entrada.

No financiamento de carros usados, a situação não é diferente. O comprador deve procurar uma instituição que faça o financiamento de um veículo usado e tomar conhecimentos das condições do negócio, sabendo qual a taxa de juros, até quanto tempo o carro pode ter para ser financiado, em até quantas parcelas é possível pagar, entre outras informações importantes.

Vale saber que, quanto maior o valor a ser financiado e mais tempo o comprador levar para pagar, mais alta será a taxa de juros. Juros mais baixos podem ser encontrados em prazo e valores menores. Para entender melhor, confira o exemplo abaixo.

Um carro usado está sendo vendido a R$ 30 mil, e o seu dono ou estabelecimento que está fazendo a venda permite que seja feito um financiamento. Ao entrar em contato com uma instituição financeira, o comprador verifica que é possível financiar o veículo a uma taxa de 1,30% a.m., no prazo de 24 meses, dando uma entrada de R$ 6 mil. Nessas condições, os juros totalizam R$ 4.092,72, sendo R$ 28.092,72 o total do financiamento. Com a mesma taxa e valor, mas pagando em 36 meses, os juros passam para R$ 6.205,44, R$ 2.112,72 a mais do que na condição anterior.

Financiamento de carros usados: onde encontrar

O financiamento de carros usados é muito comum, por isso, se você quer financiar um carro usado, procure a instituição financeira da sua preferência e verifique se ela oferece essa modalidade de crédito.

Alguns bancos que fazem o financiamento de veículos usados são o Banco do Brasil, o Itaú, Santander, Caixa Econômica Federal e o Bradesco. Em todos eles, assim como em todas as demais instituições financeiras, é preciso cumprir alguns requisitos, como a idade máxima do carro; algumas empresas não fazem o financiamento de carros com mais de 10 anos, enquanto outras só permitem carros com até 8 anos de fabricação.

No Banco do Brasil, Santander e Caixa é possível financiar automóveis com até 10 anos. Já o Itaú só financia veículos com até 8 anos, e o banco Bradesco, veículos com até 12 anos.

Algumas financeiras também oferecem essa linha de crédito, como a BV, porém, ela não informa qual o limite de idade do carro para ser financiado.

Ainda é possível encontrar o financiamento nos bancos atrelados às montadoras, como o Banco Honda, Banco Toyota, Banco Volkswagen, entre outros.

Veja também!