Financiamento da Fiat: será que você economiza se comprar com eles?

  • Google+
  • LinkedIn

A Fiat está em último lugar em relação às taxas de juros quando comparado a outras quatro bancos de grandes montadoras. Veja se vale a pena fechar negócio com eles!



 

O Banco Fiat, que agora é administrado pelo Banco Itaú Unibanco S.A, trabalha com financiamentos, consórcios e leasing para produtos da marca Fiat.

Mas será que o financiamento da Fiat é mesmo uma boa opção? Confira abaixo quanto gastaria a mais por escolher o Banco Fiat e conheça as condições e tipos de financiamento antes de tomar a sua decisão final!

As taxas de juros do financiamento de carro da Fiat

A Konkero pesquisou no Banco Central quais as taxas médias cobradas pelo banco Fiat em um financiamento de veículos. Confira os valores abaixo e descubra qual a posição dessa instituição em relação a outros quatro bancos de montadoras.

Posição entre as taxas de juros mais baratas Instituição Juros ao mês (%) Juros ao ano (%)
Banco Fiat 2,01% 26,92%

Quanto você gasta a mais se escolher o banco da Fiat

Vamos comparar o financiamento da Fiat com o da Chevrolet (GMAC) – que atualmente está com a menor taxa média de juros – para você ter uma ideia do impacto dos juros no valor final do empréstimo.

Exemplo: Consideramos que você fará um financiamento de três anos (36 meses) de um carro que custa R$ 25 mil, e que dará R$ 5 mil de entrada.

Confira os valores:

Fiat

Chevrolet

Valor do financiamento R$ 28.293,12
(2,01% ao mês)
Valor do financiamento R$ 26.377,92
(1,58% ao mês)
DIFERENÇA: R$ 1.915,20

(Essa é uma simulação apenas para você entender o impacto dos juros. Ela não inclui outros custos que podem entrar no financiamento)

Isso significa que você gastará quase R$ 2.000 a mais se escolher o banco da Fiat em relação ao da Chevrolet (GMAC), sem contar outras taxas inclusas em um financiamento. Caso tome essa decisão, procure negociar uma taxa menor na hora de assinar o contrato, afinal, agora você sabe que qualquer redução na taxa fará você economizar uma boa grana no final.

Quem pode financiar um veículo na Fiat

Pessoa física e jurídica. Para pessoa física, será necessário preencher a ficha de cadastro e apresentar RG, CPF, comprovante de renda e endereço. E quem for pessoa jurídica terá que informar o CNPJ da empresa e enviar uma cópia do contrato social da empresa.

Outras tarifas cobradas no financiamento de veículos da Fiat

Além dos juros, o banco Fiat cobra taxas nas seguintes situações:

  • Cadastro na instituição;
  • Adicionar cláusulas ao contrato;
  • Refinanciar a dívida;
  • Trocar de carro (durante ou depois) do pagamento do financiamento;
  • Cópia de documentos e comprovantes;
  • Mudanças no cadastro;
  • Entrega em domicílio.

Conheça os tipos de financiamento da Fiat

É possível escolher entre o financiamento comum (também chamado de crédito direto ao consumidor ou CDC) e o leasing. No último exemplo, menos comum hoje em dia, o carro fica em nome do banco até o final da dívida. Veja abaixo alguns planos oferecidos pela Fiat e as principais características de cada um:

Tipo

Quem pode fazer

Veículo financiado

Condições

CDC

Pessoa física ou jurídica

Veículo comercial

Prazo de pagamento de até 60 meses.

Leasing

Pessoa física ou jurídica

Veículo comercial

Prazo de 24 a 60 meses; possibilidade de incluir seguros, blindagem e acessórios

 



Como conseguir o financiamento de carro da Fiat

Para conseguir o financiamento de carro do Banco Fiat, é necessário que você entre em contato com a instituição. Para maiores informações sobre o financiamento, acesse o site do banco clicando aqui.



Entenda como essa ficha foi elaborada

Observação: Essa matéria tem como intuito ser uma informação adicional para ajudar nosso usuário na tomada de decisão. Entretanto, ela nunca deve ser usada sozinha. As condições dos bancos podem mudar diariamente. Portanto, é fundamental que o usuário negocie com diferentes empresas antes de fechar negócio e confirme as informações disponíveis aqui. As médias das taxas de juros ao mês e ao ano foram pesquisadas no site do Banco Central em 01/10/2016 e estão sujeitas a alterações.

 

Veja também!





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.