Como vender um carro que ainda está financiado

Você pode encontrar um comprador que pague a dívida à vista ou tentar transferir o financiamento. Conheça detalhes de cada situação.

comprar-carro

Comprar um carro financiado significa que você vai pagar as prestações do veículo por no mínimo dois anos, que costuma ser o menor prazo de um financiamento. Se durante este período você quiser trocar de carro ou não consiga pagar a dívida saiba que existem duas maneiras de vendê-lo no meio do financiamento.

Você pode procurar um possível comprador para o seu veículo que consiga pagar o valor à vista, ou transferir o financiamento para o futuro dono do carro, desde que o banco responsável aprove essa movimentação.

Os dois processos envolvem um novo comprador do veículo, por isso é importante entender mais sobre como funcionam essas transferências para não ser prejudicado por eventuais dívidas ou multas. Confira quais são elas!

1. Encontrar um comprador que pague o carro à vista para quitar a dívida

Nesse caso, você recebe todo o dinheiro que vai cobrar pelo carro e usa uma parte para quitar o financiamento à vista. Por ter o dinheiro em mãos, peça um desconto ao banco justamente porque você pagará a dívida de uma vez. Essa opção também é boa para o comprador, que recebe um carro sem dívidas.

2. Transferir o financiamento para quem for comprar o veículo

Nessa situação, a venda não depende somente de ter ou não um comprador. O banco fará uma análise de crédito para transferência do veículo financiado como se fosse fazer um novo financiamento.

Ou seja, apenas após a análise de crédito de quem pretende ficar com o seu carro é que o banco poderá dizer se o crédito foi aprovado e se é possível transferir a dívida. Fique atento: essa avaliação será cobrada mesmo que o banco não aprove a transferência.

Por isso, vale você verificar antes se o comprador tem como comprovar renda e se está com o nome limpo. Caso o comprador não tenha como comprovar renda ou esteja negativado, será muito difícil você conseguir a transferência do veículo financiado.

O comprador do seu veículo trabalha como autônomo e você não sabe como fazer essa análise inicial? Converse com ele e veja se vale a pena fechar negócio. Se preferir ir diretamente ao banco, confira como comprovar a renda de profissionais autônomos no financiamento.

Dica importante antes de transferir o veículo financiado

Seja qual for o tipo de venda, peça ao comprador que acompanhe você ao banco quando for depositar o pagamento do carro e também quando for ao cartório transferir a documentação. Assine o documento apenas quando o dinheiro estiver na sua conta.

O que você precisa saber antes de vender um carro financiado

Descubra quanto falta para quitar o financiamento

Verifique com o gerente do banco o valor exato que você ainda deve. Pergunte também qual seria o valor da dívida se você pagasse à vista o que falta, pois esta pode ser uma opção de venda do carro. Se o preço não for muito alto, tente dar um valor de entrada pelo veículo. Dessa forma, você diminui o prazo de pagamento e consegue quitar o carro mais rápido.

Descubra se os impostos do veículo estão em dia

Caso exista alguma pendência, como IPVA ou licenciamento, você decide se vai pagar essa conta e colocar esse valor no preço do carro, ou se prefere deixar o pagamento para o novo proprietário. Caso prefira deixar a conta para o novo dono, avise-o antes de fechar a venda.

Onde anunciar que o carro está à venda

Você pode anunciar o seu carro em diversos sites da internet, entre eles estão o Mercado Livre, a OLX, o iCarros e o WebMotors. É importante que você coloque as principais informações sobre o carro, incluindo fabricante, modelo, ano, cor, especificações do motor e, se o veículo estiver financiado, adicionar na descrição do anúncio a situação. Não esqueça de adicionar fotos e deixar telefones e e-mail para contato.

Já ouviu falar na expressão “carro alienado”? Descubra o que isso significa clicando aqui.

Veja também!





Solicite seu empréstimo

Guilherme Prado: graduado e mestre em administração de empresas pela EAESP-FGV. Empreendedor há 21 anos, escreve sobre finanças pessoais há 8 anos.


Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL