Como tirar a carteira de trabalho

Você já pode tirar a sua Carteira de Trabalho pela internet! Veja como.

Como tirar a carteira de trabalho

Para tirar a Carteira de Trabalho da Previdência Social (CTPS), já não é preciso agendar um atendimento presencial em um dos postos autorizados pela Secretaria do Trabalho. Hoje, o documento pode ser emitido em poucos minutos pela internet, desobrigando o trabalhador de ter a versão física do documento. Entenda melhor como você pode tirar a sua carteira de trabalho digital.

Como tirar a carteira de trabalho digital

Antes de emitir a carteira de trabalho digital, saiba que é preciso ter cadastro no portal Gov.br, pelo qual é possível acessar diversos serviços do Governo Federal. Caso você ainda não tenha esse cadastro, acesse o site do portal, clique em “Entrar” e depois em “Crie sua conta gov.br”.

O cadastro pode ser feito em pouco tempo. Você deverá preencher os campos com os seus dados pessoais, confirmar os dados para fazer a validação e habilitar o seu cadastro com um código, enviado por SMS ou e-mail. Por fim, é preciso cadastrar uma senha. Veja nesta matéria o passo a passo para esse cadastro (passos 2 a 8).

Depois de ter se cadastrado, você pode emitir a carteira de trabalho tanto pelo seu navegador de internet, como pelo seu celular, pelo aplicativo “Carteira de Trabalho Digital”. Confira como fazer a emissão das duas maneiras.

Emissão pelo celular

Passo 1. Faça o download do aplicativo Carteira de Trabalho Digital pelo Google Play ou pela App Store. Ao abrir o aplicativo, clique em “Entrar”.

Como tirar a carteira de trabalho

Passo 2. Na tela seguinte, você deverá inserir o seu CPF e a sua senha, a mesma cadastrada no portal gov.br. Clique em “Entrar”.

Como tirar a carteira de trabalho

Passo 3. Clique em “Autorizar” para permitir que o aplicativo tenha acesso aos seus dados pessoais. Isso é necessário para que o documento seja emitido.

Como tirar a carteira de trabalho

Passo 4. Depois disso, clique em “Contratos”, no menu inferior. Você deverá confirmar alguns dados para conseguir continuar com o acesso. Os dados são sobre a sua vida profissional e sobre as contribuições ao INSS.

Como tirar a carteira de trabalho

Quem já tinha o cadastro no gov.br e já tinha confirmado esses dados, não precisa fazer uma nova confirmação, tendo acesso a todas as funcionalidades do aplicativo logo depois de acessá-lo.

Emissão pelo computador

Passo 1. Acesse o site da Secretaria de Trabalho e clique na opção “Clique aqui para acessar os serviços para o Trabalhador para o Empregado”.

Como tirar a carteira de trabalho

Passo 2. Na opção “Carteira de Trabalho Digital”, clique em “Obter”.

Como tirar a carteira de trabalho

Passo 3. Na tela seguinte, clique em “Iniciar”.

Como tirar a carteira de trabalho

Passo 4. Clique em “Já tenho cadastro”.

Como tirar a carteira de trabalho

Passo 5. Faça login com o seu CPF e senha do portal gov.br.

Como tirar a carteira de trabalho

Passo 6. Selecione a opção “Carteira de Trabalho Digital” e o seu documento será criado.

Como tirar a carteira de trabalho

Como tirar a CPTS presencialmente

A carteira física, em papel, já não é mais necessária. Porém, para trabalhadores contratados por órgãos públicos e organismos internacionais, o documento físico ainda é solicitado.

Dessa forma, cidadãos que se enquadrem nessa categoria devem agendar o atendimento pelo número 158 ou pelo e-mail trabalho.uf@mte.gov.br – na parte “UF”, coloque a sigla do seu estado. Para quem mora em São Paulo, o e-mail será trabalho.sp@mte.gov.br. Consulte a rede de atendimento do seu estado no site da Secretaria de Trabalho.

Documentos necessários

Confira uma lista da papelada que você precisa reunir antes de ir a um dos postos de atendimento:

Como tirar a 2ª via da carteira de trabalho

Quem perdeu a CTPS precisa fazer um Boletim de Ocorrência, mesmo que o motivo não tenha sido roubo ou furto. Então, o primeiro passo é ir a uma delegacia ou fazer o B.O. online se você mora em São Paulo (SP).

Depois disso, basta acessar a sua carteira de trabalho digital. Os seus registros já estarão nela, e você não precisa emitir outro documento em papel.

3 dúvidas comuns sobre a 2ª via da carteira de trabalho

1. Fiz a segunda via, mas achei a carteira antiga. Qual usar?

“Se você não ainda não tem registro de trabalho na segunda, pode continuar com a primeira”, orienta o contator Luiz Paulo Rainato, da RR Consultoria e Planejamento Contábil Ltda. Caso contrário, use a segunda e guarde a anterior porque você pode precisar dos registros dela futuramente.

2. O número da nova via será diferente?

Depende da informação que você está comparando. Cada CTPS tem número e série e, além disso, traz o seu PIS (Programa de Integração Social). O PIS ou NIS (Número de Identificação Social) não muda: ele é o seu cadastro na Caixa Econômica Federal e deve ser o mesmo tanto na primeira via da carteira de trabalho como na segunda.

Já o número e a série costumam ser diferentes. “Se o trabalhador que pedir a segunda via não informar o número do documento anterior, a carteira virá com um novo registro”, explica Luiz Paulo. De qualquer forma, a Caixa usa o PIS (ou NIT/NIS) para identificar os trabalhadores.

3. E o que fazer se o número da carteira mudar?

Não tem problema, porque a Caixa fará a adequação e saberá que você está com esse novo registro de trabalho. Então, você pode usar a carteira com o número atual, mas saiba que o antigo continua cadastrado na Caixa.

Atenção: se você receber a nova via da carteira com o PIS diferente do seu, procure uma agência da Caixa para corrigir essa informação. Deixar esse número incorreto pode prejudicar a sua aposentadoria.

O que fazer se a CTPS tiver alguma informação errada

Se você percebeu que o seu endereço, o seu nome ou dos seus pais estão com algum erro, não tem jeito: é preciso avisar a Caixa Econômica Federal. “A recomendação é procurar a Caixa e alterar a informação do cadastro do NIS utilizando um formulário chamado Documento de Manutenção do NIS (DMN)”, afirma Luiz.

Já se os erros estão na sua carteira digital, fique tranquilo. Os sistemas que geram os dados do documento são atualizados com frequência e algumas inconsistências são corrigidas automaticamente. Para outros casos, serão realizados programas e campanhas para a correção das informações.

A importância da CTPS

A Carteira de Trabalho e Previdência Social é um documento obrigatório para quem trabalha registrado. Afinal, é ela que mantém as informações sobre os cargos que você já teve nas empresas em que trabalhou. Além disso, as informações da carteira garantem seus direitos na hora de pedir o seguro-desemprego, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e o abono salarial.

Veja também!





Solicite seu empréstimo

Guilherme Prado: graduado e mestre em administração de empresas pela EAESP-FGV. Empreendedor há 21 anos, escreve sobre finanças pessoais há 8 anos.


Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL