Vale a pena reformar o imóvel que você aluga?

  • Google+
  • LinkedIn

Nem sempre o imóvel que podemos alugar está exatamente do jeito que imaginamos, não é mesmo? E aí, dá aquela vontade de reformar a casa.

Mas calma! Se você não pretende ficar por muito tempo no imóvel alugado, não vale reformar. Afinal, você vai aproveitar pouco o novo espaço.



Além disso, temos que ficar atentos ao que podemos ou não mexer na casa. E saber quem vai pagar por isso!

Cuidado com o contrato

Em primeiro lugar, você terá que respeitar o contrato de aluguel, que é o documento que define as responsabilidades tanto do proprietário quanto do inquilino.

Geralmente, o dono do imóvel arca com mudanças como a construção de um novo quarto, mas não existe uma regra para isso. Por isso, confira o que está no contrato.

E o inquilino também tem suas responsabilidades. Ele precisa manter o imóvel nas condições em que o alugou, então todas as manutenções dentro de casa são por sua conta. 😉



Converse!

É muito importante conversar com o proprietário. Mesmo uma mudança simples, como pintar a parede, pode dar um problemão se for feita sem a autorização do dono da casa.



Ter uma boa relação com o dono do imóvel facilita acordos. Por exemplo: se for decidido que você irá pagar a reforma, dá para negociar que o valor seja descontado aluguel.

E se ele concordar com a reforma, deverá fazer uma autorização por escrito e anexá-la ao contrato. Assim você diminui as chances de reclamação no futuro!





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.