Como consultar o Cadastro Único: passo a passo - Konkero
ATENÇÃO! Nunca solicitamos depósito ou pagamento para liberação de empréstimo. Isso é ilegal.

Como consultar o Cadastro Único: passo a passo

O Cadastro Único de programas do Governo pode ser consultado pela internet, por aplicativo ou atendimento telefônico. Confira!

As famílias de baixa renda podem participar de programas sociais do Governo Federal que facilitam o acesso à tarifa social em impostos, ao Bolsa Família, financiamento do Minha Casa Minha Vida e outros benefícios. Para conseguir fazer a solicitação e receber a ajuda dessas iniciativas, é necessário que o responsável pelo grupo familiar inscreva todos os integrantes no Cadastro Único (CadÚnico).

O Cadastro Único para programas sociais do Governo brasileiro reúne informações socioeconômicas das famílias e encaminha os dados aos órgãos responsáveis pela distribuição e atualização dos benefícios. No dia da entrevista com o assistente social para fazer o cadastro, o responsável pela família deve levar um documento original de cada integrante do grupo, inclusive o dele, e um comprovante de residência. O assistente fará a inscrição e o responsável poderá pegar o comprovante do Cadastro Único com a numeração do NIS após alguns dias.

O responsável poderá consultar a inscrição no CadÚnico pelo site Consulta Cidadão e no aplicativo Meu CadÚnico. Como o governo irá liberar o auxílio emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais, microempreendedores individuais e desempregados que estiverem inscritos no Cadastro Único, é importante saber se existe a inscrição na plataforma para conseguir receber a ajuda do Governo mais rápido. Veja abaixo como consultar o CadÚnico.

Como saber se estou no Cadastro Único pelo site Consulta Cidadão

Quem se enquadra no público-alvo do Governo para receber o auxílio emergencial durante a pandemia de COVID-19 deve acessar o site do Consulta Cidadão e preencher algumas informações pessoais que devem ter sido cadastradas durante a inscrição no CadÚnico. São elas: nome completo, data de nascimento, nome da mãe, estado e município de residência, conforme imagem abaixo.

Após colocar todos os dados, basta clicar no botão “Emitir” e descobrir se está no Cadastro Único do Governo Federal. Lembre-se de imprimir e salvar o comprovante do CadÚnico no computador para ter o documento quando precisar.

Como saber se estou no Cadastro Único pelo aplicativo Meu CadÚnico

Passo 1: No celular, faça o download do aplicativo Meu CadÚnico disponível para aparelhos com sistema Android e iOS. Depois da instalação do programa, abra-o e aceite os termos de uso e de privacidade. Na tela seguinte, clique em “Entrar”, como está abaixo.

Passo 2: Para consultar o Cadastro Único, o usuário deverá colocar nome completo, data de nascimento, nome completo da mãe e informar o estado onde mora e que foi cadastrado no programa. Depois, basta clicar novamente em “Entrar” e fazer a consulta do CadÚnico.

Fique atento!

Caso os sistemas do site e do aplicativo não apresentem os dados do Cadastro Único será necessário entrar em contato pelo 0800-707-2003 e escolher a opção 5. O horário de funcionamento da central é de segunda a sexta-feira, das 07h00 às 19h00Lembre-se que cadastros feitos há menos de 45 dias ainda não estarão disponíveis nas plataformas!

O auxílio emergencial ‘coronavoucher’ só estará disponível para quem tiver o Cadastro Único?

Não. O Cadastro Único funcionará como uma forma de localizar e comprovar que determinado chefe de família tem a renda mensal exigida e pode receber o auxílio emergencial de R$ 600. É importante lembrar que só serão utilizados dados do CadÚnico que foram inscritos até 20 de março de 2020. Por isso, se não estiver cadastrado, o trabalhador terá que aguardar a liberação de outra plataforma digital para emitir uma autodeclaração de renda.

Veja também!