Certidão negativa de débitos INSS: como emitir - Konkero
ATENÇÃO! Nunca solicitamos depósito ou pagamento para liberação de empréstimo. Isso é ilegal.

Certidão negativa de débitos INSS: como emitir

Alguns locais podem solicitar um comprovante do beneficiário do INSS que comprove o pagamento da previdência. Descubra como emitir! 

As contribuições do INSS são descontadas diretamente do salário do funcionário. Esses pagamentos garantem a aposentadoria do empregado, salário maternidade, auxílios em caso de acidente ou doença e pensões para dependentes. Para quem está desempregado ou trabalha por conta própria, o recolhimento da contribuição é feito por meio do pagamento do carnê do INSS (GPS). O histórico profissional do cidadão fica registrado na carteira de trabalho, portanto, na hora de solicitar algum benefício do INSS, a apresentação dela é obrigatória.

No entanto, alguns trabalhadores podem perder a carteira de trabalho ao longo dos anos, ou ter tirado uma nova via que não registrou empregos anteriores. Por isso, em alguns casos, o beneficiário precisa apresentar um documento que comprove as contribuições à previdência social, como uma espécie de certidão negativa de débitos com o INSS. Esse documento pode ser emitido no site do Meu INSS e declara a regularidade de contribuições do trabalhador. Saiba como emiti-lo!

Como solicitar a declaração de regularidade do contribuinte

O comprovante de débitos pagos do INSS é gerado na plataforma do Meu INSS. Para emitir a chamada Declaração de Regularidade da Situação do Contribuinte Individual (DRSCI), o beneficiário precisa fazer a inscrição no cadastro do Governo Federal para acessar os dados de contribuinte. Confira abaixo como fazer o registro no site e a solicitação da declaração:

Passo 1. O beneficiário deve acessar o portal Meu INSS por meio do Gov.br. Para acessar a plataforma, clique aqui e escolha a opção “Crie sua conta”, como está no exemplo abaixo.

Passo 2. O usuário deverá informar o CPF, nome completo, telefone celular e um e-mail. Depois, é necessário fazer a validação da conta e cadastrar uma senha.

Passo 3. Na página do Meu INSS, faça o login com CPF e a senha cadastrada. O site mostrará diversos serviços disponíveis para o cidadão que tem cadastro no INSS e já fez contribuições. No menu esquerdo, escolha a opção “Declaração para o Contribuinte Individual”. Na tela ao lado, escolha a opção “Emitir nova declaração”.

Se a situação do contribuinte estiver regular, a declaração será gerada, comprovando a inexistência de pendências. Caso contrário, o beneficiário deverá agendar um atendimento no INSS para atualizar informações.

Dentro do site do INSS, o trabalhador também consegue acessar o extrato de contribuições à previdência social. Ficam registrados todo o histórico de empregos do contribuinte e o tempo de contribuição em cada empresa. Portanto, além das informações na carteira de trabalho, o cidadão pode fazer a consulta pela internet. Veja abaixo um exemplo:

Para os aposentados e pensionistas que precisam de um comprovante para declarar o Imposto de Renda, o sistema do Meu INSS também libera um extrato de pagamentos ao beneficiário com o objetivo de informar os pagamentos que o contribuinte recebeu. Basta clicar na opção “Extrato para Imposto de Renda (IR)” do menu esquerdo e emitir o documento.

Como agendar atendimento no INSS

Com o mesmo cadastro do Meu INSS, escolha a opção “Agendamentos e Requerimentos”. O beneficiário da previdência poderá agendar perícias médicas ou atendimentos para efetuar a atualização de cadastros e tirar comprovantes do seu benefício e das contribuições. Para saber mais sobre o agendamento de perícia médica no INSS, clique aqui.

Veja também!