Calendário de saques do auxílio emergencial: entenda - Konkero
ATENÇÃO! Nunca solicitamos depósito ou pagamento para liberação de empréstimo. Isso é ilegal.

Calendário de saques do auxílio emergencial: entenda

O calendário de saques do auxílio emergencial já foi divulgado. Saiba como ele funciona!

O auxílio emergencial é uma medida do Governo para ajudar as famílias que podem ser ou já foram prejudicadas financeiramente pelos impactos da pandemia do novo coronavírus. O benefício favorece microempreendedores individuais (MEI), desempregados e trabalhadores informais de baixa renda e consiste na ajuda de custo de R$ 600 por mês. Até o momento, a duração do auxílio será de 3 meses, podendo ser prorrogada.

Para receber os valores, os beneficiários precisam ter uma conta corrente. Quem não tem, ganha uma conta poupança gratuita e digital na Caixa Econômica Federal, que permite o recebimento do benefício.

A partir do recebimento, a movimentação da conta é permitida, possibilitando pagamentos e transferências. No entanto, há uma limitação para os saques: quem precisa ou quer retirar o valor em espécie, deve respeitar o calendário de saques. Essa medida foi tomada a fim de evitar aglomerações nas agências bancárias e, assim, evitar a proliferação do vírus.

Entenda agora como funciona o calendário de saques e saiba quando você poderá sacar o valor do seu auxílio emergencial.

Calendário de saques do auxílio emergencial: como funciona

O saque do auxílio emergencial poderá ser feito somente a partir do dia 27 de abril de 2020, devendo respeitar o calendário que é de acordo com o aniversário dos beneficiários. O prazo para saque será entre os dias 27 de abril e 05 de maio. Nascidos em janeiro e fevereiro serão os primeiros a sacar, enquanto os nascidos em novembro e dezembro deverão aguardar até dia 5 de maio. Confira o calendário abaixo.

Nascidos em Data de saque
Janeiro e fevereiro 27 de abril
Março e abril 28 de abril
Maio e junho 29 de abril
Julho e agosto 30 de abril
Setembro e outubro 4 de maio
Novembro e dezembro 5 de maio

Os primeiros a receberem a primeira parcela do auxílio foram os inscritos no CadÚnico não beneficiários do Bolsa Família e que têm contas bancárias no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica, recebendo o valor no dia 9 de abril. Beneficiários do Bolsa Família receberão todas as parcelas do auxílio de acordo com o calendário do próprio Bolsa Família.

Os outros cidadãos que se enquadram nos requisitos necessários e têm direito ao auxílio emergencial, podem recebem a primeira parcela a partir do dia 14, a depender da data de cadastro no site da Caixa ou aplicativo, disponível no Google Play e App Store, e da validação do governo. O prazo para recebimento é de 5 dias úteis após a validação.

Já a segunda parcela será paga entre os dias 27 e 30 de abril, e a terceira, entre os dias 26 e 29 de maio. O recebimento também será de acordo com o aniversário dos beneficiários, onde nascidos nos três primeiros meses do ano receberão no primeiro dia do prazo, e nascidos nos três últimos meses do ano receberão no último dia do prazo. Entenda melhor na tabela abaixo.

Nascidos em Pagamento 2ª parcela Pagamento 3ª parcela
Janeiro, fevereiro e março 27 de abril 26 de maio
Abril, maio e junho 28 de abril 27 de maio
Julho, agosto e setembro 29 de abril 28 de maio
Outubro, novembro e dezembro 30 de abril 29 de maio

Clique aqui e veja tudo o que você precisa saber sobre o auxílio emergencial.

Veja também!