Tributação Supersimples: saiba o que mudou

  • Google+
  • LinkedIn

Você tem um faturamento de até R$ 3,6 milhões? Agora é possível se formalizar pelo Supersimples. Confira em quais situações esse modelo vale a pena

tributacao-supersimples



O Simples Nacional, conhecido como Supersimples, é um regime de tributação específico para a formalização da micro ou pequena empresa. Com ele, os empresários conseguem pagar oito impostos diferentes (municipais, estaduais e federais) em um único boleto, o que simplifica bastante a rotina mensal dos pagamentos.

Se você tem uma empresa com faturamento de até 3,6 milhões de reais por ano, comemore: as regras mudaram! Esse é o novo limite para a formalização pelo Supersimples. Nesse caso, você pode inscrever o seu negócio ou passar da tributação atual para este modelo, se valer a pena financeiramente. Confira as regras antes de tomar essa decisão.

Quem tem direito ao Supersimples

Prestadores de serviços que faturam até 3,6 milhões de reais por ano, têm Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e prestam serviços podem escolher esse modelo. Como o critério para aderir ao Supersimples passou a ser somente esse valor, qualquer empresa que se encaixe nesse limite de faturamento pode optar por essa tributação. Por exemplo, associações de médicos e veterinários, advogados, jornalistas, dentistas, entre outros. Anteriormente, somente empresas de categorias específicas e com um faturamento de 2,4 milhões de reais ao ano poderiam entrar no Supersimples. Na dúvida, consulte um contador, afinal, você precisará deste serviço quando abrir ou formalizar seu negócio.

Como funciona essa tributação

Sem dúvida, unir os tributos do Supersimples em um único boleto reduz a burocracia. Dependendo das taxas que você paga hoje, consegue até economizar passando para essa tributação. O seu contador deve informá-lo sobre os impostos, mas saiba que existem seis tabelas da tributação e elas levam em conta o setor empresarial e a faixa de faturamento da sua empresa. Se tiver dúvidas em relação à classificação do seu negócio, basta procurar a definição da atividade da empresa no CNPJ.

Precisa de dinheiro para abrir o seu negócio? Solicite um refinanciamento de imóvel

Quando compensa ir para essa formalização



Comparado com a tributação comum, o Supersimples reduz os custos para todas as atividades do comércio e da indústria. Mesmo assim, verifique se esta alternativa também será vantajosa para o seu negócio. “Cada caso é um caso. O mais importante antes de aderir ao Supersimples é analisar a folha de pagamento da empresa. Em geral, quanto mais funcionários ela tiver, maior a vantagem desta tributação”, explica o contador Renato Ramos. Se os gastos com a folha de pagamento forem iguais ou superiores a 40% do faturamento mensal da empresa, o Supersimples fará você gastar menos com impostos. No entanto, quando o gasto com os forem inferiores a isso, o mais indicado é procurar um contador para verificar qual a melhor saída.

Empréstimo online com juros baixos

A Biva oferece até R$ 50 mil em empréstimo para sua empresa. Solicite aqui

Como aderir ao Supersimples

Se você está abrindo a empresa, procure um contador para cuidar desse processo, que está liberado em qualquer época do ano. Já a adesão para quem tem empresa aberta deve ser feita pela internet e tem prazo definido: estará disponível entre o primeiro dia útil de novembro e o penúltimo dia útil de dezembro de 2014, sendo que a nova tributação valerá a partir de 1º de janeiro de 2015. Para se inscrever, acesse o site do Simples Nacional, clique na opção ‘serviços’ e, em seguida, em ‘Solicitação de opção pelo Simples Nacional’. Vale saber que a adesão ao Supersimples não tem nenhum custo para a empresa, mas considere o pagamento do contador.

O que acontece quando a empresa aumenta o lucro



Quando você adere ao Supersimples, começa a pagar os impostos levando em conta sua faixa de faturamento. Felizmente, a receita do seu negócio pode aumentar! Se isso acontecer e a empresa se encaixar em outra faixa de impostos, procure na tabela da sua categoria quais os novos custos. Caso ultrapasse o limite de 3,6 milhões de reais ao ano, não tem jeito: você será automaticamente excluído do regime do Supersimples e passará a pagar impostos como uma empresa normal.

Confira as vantagens de contratar um contador para a sua empresa.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.