Como abrir o próprio negócio II – Os caminhos para legalizar a sua empresa

  • Google+
  • LinkedIn

Se você está em busca de abrir um negócio próprio, não deixe de conhecer quais são os caminhos para legalizar a sua empresa!

Como abrir o próprio negócio 2



Quem decide abrir um negócio próprio dá um passo muito importante para realizar este sonho. Mas, ao mesmo tempo, sabe que encontrará grandes desafios pela frente. E um deles é legalizar a empresa, uma vez que abrir uma loja não envolve apenas alugar o espaço e sair vendendo – todos os documentos têm que estar em dia!

De acordo com o professor de finanças do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), Alexandre Chaia, o ideal é contratar um contador. Ele vai ajudar o empreendedor com o registro, o alvará de funcionamento e todos os papéis necessários para abrir a empresa.  “Vale procurar um profissional que já tenha experiência na área que você vai trabalhar”, aconselha Chaia.

Fique por dentro das etapas da legalização

Mesmo com o contador, é importante que você acompanhe de perto o processo de abertura. Por isso, vale entender quais são os documentos e registros que você precisa para começar o negócio. Confira abaixo:

1. Contrato social

Descreve o que a empresa faz e quais as responsabilidades de cada sócio, caso exista mais de um dono. É importante descrever bem as atividades, pois se elas se encaixarem no Simples Nacional, você paga menos impostos.

2. Registro na Junta Comercial

Quem vai abrir um estabelecimento comercial precisa desse registro. Ele funciona como a certidão de nascimento da empresa.

3. CNPJ

Outro passo é tirar o CNPJ, que é o número de registro que toda empresa formalizada tem na Receita Federal.

4. Inscrição estadual

Vale só para empresas que compram e vendem produtos, e deve ser feita na Secretaria da Fazenda de cada estado. Negócios que prestam serviços precisam dessa inscrição.



5. Alvará de funcionamento

Esse documento deve ser tirado na prefeitura, e é a carta branca para seu negócio começar a funcionar.

Precisa de dinheiro para abrir o seu negócio? Solicite um refinanciamento de imóvel

Considere abrir a empresa como MEI

Se o seu negócio fatura até R$ 5 mil por mês, você pode simplificar o processo e ser um Microempreendedor Individual (MEI). O microempreendedor paga uma taxa única de até R$ 50 e tem vários benefícios, como auxílio doença e aposentadoria.

O cadastro pode ser feito pela internet, sem a necessidade de um contador. Clique aqui e confira como!

Analise a concorrência

Não se esqueça de que, antes de abrir ou legalizar o negócio, você precisa escolher bem o ponto. Ele será essencial para o sucesso da sua empresa. “O empresário tem que coletar informações e saber quantas pessoas passam por dia em frente ao local, quais são os concorrentes e o público que vai atingir”, explica o consultor do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de  São Paulo, Antônio Carlos Ribeiro.



Para conseguir estas informações, não existe segredo: visite o espaço em horários e dias diferentes, incluindo finais de semana, e veja se ele atende suas necessidades antes de fechar o contrato.

Quem já venceu as etapas de planejar e abrir um negócio tem outro desafio: expandir a empresa. E o planejamento financeiro é essencial para isso! Confira.
Anterior Próximo





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.