Por quanto tempo guardar os comprovantes

  • Google+
  • LinkedIn

Contas de luz, notas fiscais, recibo do pagamento do INSS… será que você pode jogar tudo isso fora? Descubra aqui o período certo para manter os comprovantes em casa

perder documentos



Se você tem o hábito de jogar recibos fora ou monta pilhas de papeis que não têm importância, chegou a hora de descobrir o que é preciso guardar e por quanto tempo mantê-los em casa.

Os comprovantes de contas de luz, aluguel, convênio médico e entre tantos outros são importantes para mostrar que você cumpriu suas pendências. Mas, será que é necessário ficar a papelada de uma vida?

Dependendo da documentação, o prazo para mantê-la arquivada é diferente. Veja abaixo quais as orientações do Procon-SP e do Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo (IBEDEC) em relação aos papeis que você precisa deixar arquivados em casa.

Guardar comprovantes

Contas: de água, energia, telefone; plano de saúde; mensalidade escolar; cursos livres e cartão de crédito: guardar por cinco anos.

Aluguel: manter os pagamentos enquanto morar no imóvel e guardá-los pelos três anos seguintes à desocupação.

Condomínio: fique com os comprovantes enquanto morar lá e, caso mude de casa, guarde-os por um período de cinco a dez anos.



Financiamentos: é importante ter os documentos do pagamento até quitar a dívida e desalienar o bem.

INSS: mantenha tudo em casa até o momento em que se aposentar.

Notas fiscais e certificados de garantia: Vale a pena deixar a nota guardada durante a vida útil do produto, mesmo que o prazo da garantia tenha expirado.



Seguros: você pode jogar os comprovantes fora apenas após um ano do término da validade do produto.

Dica! Organize tudo em pastas ou gavetas reservadas para este tipo de documento. Dessa forma, você saberá onde encontrar os comprovantes, caso precise deles.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.