Aprenda a organizar os gastos seguindo cinco dicas que deram certo!

  • Google+
  • LinkedIn

Inspire-se com a criatividade de mulheres que precisaram encontrar caminhos inusitados para não gastarem mais do que deveriam

dicas curiosas para organizar os gastos



Comida, roupas, baladas, cinema… hummm! As tentações estão aí e fica cada vez mais difícil controlar o orçamento? Pois as quatro mulheres que conversaram com a Konkero também passaram (e ainda passam!) por este mesmo problema: as compras que saem do planejamento. Mas elas mostraram que cortar despesas nem sempre significa sofrimento – justamente o contrário! Estes truques tornaram-se estratégias interessantes e eficientes para guardar dinheiro e conquistar um objetivo maior futuramente, que pode ser aquela c alça jeans que você tanto olha na vitrine ou mesmo um curso de idiomas para turbinar a sua carreira, já pensou? Conheça agora quais os métodos de economia de mulheres que, assim como você, cuidam da grana todo mês!

5 dicas bem-sucedidas para controlar seu orçamento

1. Acerte na escolha da sua companhia

“Todo mundo deve ter uma amiga mão de vaca, não é? Pois eu tenho! E é ela que me acompanha quando vou sair para fazer compras!”, confessa a professora de educação física, Maria Cláudia Ferreira, de 28 anos. As críticas que a amiga faz sempre que a Maria decide parar para olhar uma vitrine é um reforço para que ela pense duas vezes antes de comprar o que gostou. “No fundo ela não faz isso só porque não gosta de gastar, ela tem é razão no que diz. Além disso, eu sei que não preciso de muitas das coisas que eu penso em levar”, confessa ela.

2. Turbine a economia e a dieta!

Se você tem uma ideia do quanto pode gastar por dia nas refeições, levar o dinheiro contado pode ser uma opção na hora de almoçar fora. “Além de evitar gastos com suco e sobremesa, você se controla mais ao colocar a comida no prato porque sabe que não pode passar o preço que você estipulou. E isso ajuda até a manter a dieta!”, ensina a pedagoga Ana Clara Lima, de 24 anos.

3. Dê atenção aos pequenos gastos

O valor que você paga em compras grandes ou caras não costuma passar em vão. Por outro lado, os gastos do dia a dia tendem a cair no esquecimento por mais que você tente usar uma planilha de planejamento financeiro. Nesse caso, pedir a sua via do comprovante das compras feitas com cartão pode ajudá-la a se lembrar dos gastos que fez naquele dia. “Eu sempre peço a minha via e, no final do dia, guardo tudo na mesma caixa, que fica num lugar visível da casa. Foi o único jeito de me organizar porque a gente vai comprando, nem percebe e depois leva o maior susto no fim do mês. Fora que você só se dá conta do quanto gastou quando começa a juntar muito papel!”, conta a fisioterapeuta Aparecida de Oliveira, de 48 anos.

4. Coloque o cartão para congelar

Isso mesmo! O impulso de comprar é tão grande que esta foi a solução encontrada pela assistente administrativa, Patrícia Monteiro, de 26 anos. “Eu deixo o cartão em uma tigela com água e coloco tudo no congelador. Então, eu saio de casa sem ele e, quando vejo alguma coisa que quero muito comprar, volto pra casa, tiro o cartão do freezer e deixo descongelando em cima da pia! Como ele leva algumas horas para descongelar, eu uso esse tempo para pensar se realmente preciso comprar aquilo que queria”, diverte-se assistente. Não se preocupe: esse processo não danifica o cartão, no entanto, o descongelamento só pode ser feito naturalmente – nunca coloque o cartão no micro-ondas! Quem não quiser uma alternativa tão radical, pode simplesmente deixar o cartão em casa sempre que sair. Só o fato de voltar para buscá-lo fará você pensar se precisa realmente do produto.



5. Seja antenada!

Que tal usar um aplicativo no celular para controlar os gastos? Você aproveita as mil funcionalidades do seu smartphone e, de quebra, carrega essa lista para todos os lugares. “Eu registro nas tabelas do aplicativo tudo que eu recebo e também coloco tudo que eu compro. Mas o ideal é colocar tudo mesmo! Não vale pular nenhum gasto! Só assim dá pra saber direitinho qual o ‘segmento’ que está consumindo a maior parte da sua grana e descobrir onde é possível reduzir”, orienta a estudante.



Essa é da Konkero

Quer outra dica fácil de colocar em prática? Fique ligada no seu carrinho de compras. “Por impulso, a gente pega besteiras que pesam no valor final. Então, o que você pode fazer é olhar o seu carrinho antes de chegar ao caixa. Estabeleça a meta de tirar entre três e cinco produtos, sem exceção”, alerta o consultor financeiro da Konkero, Guilherme de Almeida Prado.

E você? Tem algum truque infalível para economizar?





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.