Acredite: dá para pagar parcelado e manter as contas em dia

  • Google+
  • LinkedIn

Geladeira, televisão e veículos, como carro e moto, são algumas das compras que frequentemente precisam ser parceladas. Afinal, desembolsar muito dinheiro de uma só vez, além de ser difícil, pode atrapalhar o seu orçamento.

Na verdade, não existe problema em usar o cartão de crédito ou fazer pagamentos com cheques, desde que você saiba controlar os gastos mês a mês.



Se você costuma dividir muitas contas, veja só quais cuidados precisa ter:

1. Lembre-se sempre dos parcelamentos. Em toda virada de mês, anote quais pagamentos devem cair e desconte esta soma da quantia que você pode gastar nos próximos 30 dias. Dessa forma você se compromete apenas com pagamentos que conseguirá cumprir.

2. Fique de olho no limite do cartão. Você sabe até quanto usar de crédito? O limite do cartão é um valor fixo que determina o valor você pode gastar entre compras à vista e parcelamento. Saiba mais aqui.

3. Tente adiar compras. Se estiver com uma dívida alta de parcelas por mês, pense duas vezes antes de fazer uma nova compra. Caso consiga esperar, prefira terminar de pagar uma dívida antes de assumir outra conta.

4. Gaste com o que for exceção. Muitos especialistas não indicam dividir as compras com alimentação, por exemplo. Isso porque os gastos com comida se repetem mês a mês – e talvez você não consiga se livrar dessa dívida tão cedo.



5. Seja controlado com o cheque. Quando usar o talão, anote no canhoto de cada folha qual o valor gasto e em qual data o pagamento será descontado.



Se mesmo assim as contas saírem do controle…

… evite acertar apenas o valor mínimo da fatura do cartão de crédito. Pague o máximo que conseguir e diminua a quantia que deverá no próximo mês.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.