4 motivos para se organizar financeiramente

  • Google+
  • LinkedIn

Quer viajar no final do ano ou investir em uma pós-graduação? É preciso assumir o controle do seu orçamento o quanto antes!

ORGANIZAR GASTOS_4 motivos para se organizar financeiramente



Não tem jeito: nenhuma conquista cai do céu. E, quando seu objetivo envolve bastante dinheiro, a organização financeira é um passo fundamental para transformá-lo em realidade. Entenda quatro motivos importantes para começar a organizar seus gastos e planejar seu futuro.

1. Quanto mais cedo você começar, mais cedo terá essa conquista

Essa dica vale não só para você, mas também para os seus filhos. É muito importante ensiná-los desde pequenos a lidar com o dinheiro, principalmente antes de dar mesada a eles. “Se a criança não souber o valor das coisas, ela não vai dar valor ao dinheiro”, afirma o consultor financeiro Adriano Fonseca, da Abd Consultoria. “É preciso explicar, colocar regras, falar dos valores, do que pode e do que não pode gastar e, principalmente, da importância de guardar e de não gastar todo o dinheiro”, explica Adriano. Clique aqui e confira seis lições de economia para passar ao seu filho.

Para ensiná-lo a guardar dinheiro, você pode dar exemplos de produtos que ele consuma ou que ele queira. “Por exemplo, se a criança pedir um novo jogo de videogame, traga o conceito de poupar para fazer conquistas como essas. Vamos supor que ela receba R$ 10 por dia para o lanche da escola. Mostre que se ela gastar R$ 5, ao longo de quase um mês ela terá R$ 100 e poderá gastar esse dinheiro com algo maior”, ensina o consultor. Foi isso que os pais do Thiago fizeram, e o garoto poupou moedas durante três anos para comprar um fusca, algo que ele queria muito.

A educação financeira desde cedo também vale para a aposentadoria também. Quanto antes você começar a investir em uma previdência privada, mais dinheiro você terá quando parar de trabalhar.

2. Quando você conhece os seus objetivos, é mais fácil se organizar para conquistá-los

“É importante relacionar o ato de poupar dinheiro com um objetivo”, afirma Adriano. E não pense que objetivos são apenas os sonhos maiores, como comprar uma casa ou um carro. Você também precisa se organizar financeiramente se quiser fazer uma viagem no final do mês ou comprar uma TV daqui alguns meses. Esses planos são chamados de objetivos de curto, médio e longo prazo. Clique aqui e saiba como se organizar para transformá-los em realidade.



3. Quem sabe quanto dinheiro tem também sabe se pode investir

Existem várias opções de investimentos para quem está começando, mas como saber qual é o mais adequado para o seu perfil? “Crie investimentos específicos para cada objetivo. Para os de curto prazo (de três a seis meses), você pode fazer uma poupança ou aplicar em um CDB. Para os de médio, vale mais a pena colocar em investimentos mais agressivos, que dão uma margem maior de retorno porque trabalharão seu dinheiro por mais tempo”, explica o consultor.

4. Porque nenhuma conquista é possível sem organização



O tempo é o principal aliado das suas conquistas. “Por isso, não foque no quanto você vai poupar, mas por quanto tempo”, aconselha Adriano. Ao se organizar, você consegue saber de que forma poupar, independentemente de ter algum dinheiro guardado. “Crie uma linha do tempo: aonde você quer chegar e em quanto tempo”, ensina o consultor. Quanto antes você der o primeiro passo, mais cedo você alcança sua conquista!

Agora que você já sabe os motivos, clique aqui e aprenda como organizar seu salário.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.