4 dicas para montar uma boa lista de casamento

  • Google+
  • LinkedIn

Fique por dentro dos cuidados que você precisa ter na hora de montar a lista e economize para montar a casa nova

ORGANIZAR GASTOS_5 dicas para montar uma boa lista de casamento e economizar na mudança



Quem marcou a data do casamento terá que separar um momento para pensar em quais presentes pedir. É importante se dedicar a essa etapa porque uma lista bem planejada costuma ser uma ótima forma de arrecadar eletrodomésticos e móveis para a casa nova. Veja quais os principais passos para montar a lista ideal!

1. Verifiquem o que vocês já têm

Pensem em tudo que está novo ou que não precisa ser trocado agora. Estes objetos não precisam entrar na sua lista, pois compensa abrir espaço para receber presentes que vocês não têm. Caso vá mudar de casa, tenha certeza que os móveis e outros objetos caberão no novo espaço.

2. Listem o que vocês querem e precisam

Não adianta pensar nas opções sem anotar tudo no computador ou no caderno onde estão organizando os preparativos. Em seguida, escolham as lojas onde pretendem pedir os presentes, mas tomem o cuidado de não selecionar peças repetidas. “Nós optamos pelo Ponto Frio e pela Lojas Americanas. Sem dúvida a lista ajuda a orientar os convidados, além de reduzir os riscos de presentes repetidos”, conta Fernanda Zillio, casada há três meses.

3. Escolham presentes com valores diferentes



Nem todos os convidados podem gastar muito nessa lista. Por isso, os itens mais baratos também são necessários para a casa, como utensílios de cozinha, por exemplo. Não deixe de incluir esses produtos para dar opções a todos os convidados. “Tivemos a preocupação de incluir presentes que custavam desde R$ 20, como potes de porcelana para petiscos, até móveis e eletrodomésticos, que são bem mais caros”, conta Fernanda.

4. Vocês também podem incluir cotas de viagem



Está é uma boa opção para quem já está com a casa pronta. As cotas são valores em dinheiro que os convidados pagam para vocês utilizarem em uma viagem. Dependendo da agência, existem duas opções ao solicitar este serviço: reservar a viagem antecipadamente (e o que vocês receberem de cotas é descontado do valor total) ou fechar a viagem depois do casamento. A Fernanda optou pela segunda opção, o que ajudou na viagem de lua de mel. “Fizemos pela CVC e incluímos cotas de R$ 50 e R$ 100. Nós não fechamos uma viagem antecipadamente, pois não sabíamos o quanto ganharíamos de cotas e, se fechássemos uma viagem muito cara, teríamos que pagar uma grande diferença depois. E se fosse uma viagem muito mais barata, teríamos que fechar outro pacote para utilizar as cotas que sobrassem, pois a agência não as libera para pagar somente passagem aérea, por exemplo”, explica Fernanda.  “Nós também ganhamos muitos presentes em dinheiro, o que foi muito bom, e o valor também foi para a viagem de lua de mel”, conta a psicóloga.

Já estão pensando em ter um filho? Clique aqui e confira um guia para economizar nesta fase sem comprometer o desenvolvimento do bebê.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.