Cheque Devolvido: saiba como limpar seu nome

  • Google+
  • LinkedIn

O cheque estava sem fundo? Saiba como resolver essa dívida e limpar o nome por cheque devolvido



Ficar com o nome sujo por conta de um cheque sem fundo é uma situação que pode acontecer com qualquer um. Sim, existem muitas dúvidas na hora de resolver esse problema, por exemplo, se o banco pode cobrar taxas, se existe solução quando o cheque sumiu, entre outras perguntas comuns. Mas acredite: os passos são mais simples do que você imagina. Confira a seguir um roteiro de como limpar um nome sujo por cheque devolvido e o que fazer se você estiver sem essa folha.

Os 5 passos para limpar o nome por conta de cheque devolvido

1. O primeiro passo é ligar no banco e pedir que ele forneça algumas informações sobre o cheque, como número, valor e data.

2. Depois, você precisa comparar estas informações com os dados da folha que marcou no canhoto do seu talão e descobrir para quem esse cheque foi entregue.

3. Em seguida, procure a loja ou pessoa que recebeu o pagamento. Como ela não conseguiu compensar o valor, você deve acertar o pagamento para conseguir pegar o cheque de volta. Lembre-se de pedir uma comprovação de que a dívida foi paga. O melhor é fazer um recibo de que você pagou determinado valor e, em troca, recebeu o cheque de número tal de volta.



4. Escreva uma carta informando que fez o pagamento da dívida, pegue a folha de cheque que foi devolvida e vá ao banco entregar estes papeis. Você ainda terá que pagar a taxa cobrada pelo banco para regularizar a situação – isso vale para cada cheque devolvido. Vale saber que a taxa varia conforme a instituição.



5. Depois, é responsabilidade do banco tirar o seu nome do cadastro de emitentes de cheques sem fundo (CCF) e da Serasa ou do SPC. O prazo para estar com a situação resolvida é de cinco dias úteis.

O Simplic oferece empréstimo pessoal online. Solicite de R$ 500 a R$ 2.500 sem sair de casa e receba o dinheiro em poucas horas. Basta clicar aqui.

E se o cheque sumir?

Perder ou rasgar a folha, infelizmente, costuma ser uma situação frequente entre quem foi negativado por cheque devolvido. Nesse caso, existe uma recomendação dos especialistas: fazer um depósito em juízo, ou seja, pagar a dívida em um Juizado Especial Cível. “É importante depositar em juízo porque às vezes o cheque é emitido em outra cidade, então, o consumidor teria que contratar uma agência de cobrança. Mas fazendo esse tipo de pagamento ele resolve essa dor de cabeça a limpa o nome dele”, conta Donizét Píton, presidente da ANDIF, Instituto Nacional de Defesa do Consumidor do Sistema Financeiro. Se optar por essa alternativa, basta ir a um Juizado Especial Cível, quitar o que deve e pedir a comprovação do pagamento da dívida.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.