Saiba como fazer a cirurgia de redução de estômago de graça

  • Google+
  • LinkedIn

O Sistema Único de Saúde opera gratuitamente os pacientes que correm risco de desenvolver outras doenças graves por causa da obesidade. Confira as regras e veja como pedir a cirurgia bariátrica (redução de estômago) 



No Sistema Único de Saúde (SUS), a cirurgia de redução de estômago (bariátrica) é feita gratuitamente somente para pacientes diagnosticados com obesidade mórbida. Essa limitação tem um motivo: quem está classificado nesse perfil corre um alto risco de ter doenças graves e, por isso, recebe prioridade.

Como fazer a cirurgia bariátrica / redução de estômago gratuita no SUS

É necessário ter mais de 16 anos e passar por uma consulta com um endocrinologista que avaliará seu caso. Este especialista pode ser credenciado na rede do seu plano de saúde ou atender no SUS. mas é importante saber que a redução de estômago só será feita no sistema público de saúde quando for a última opção. Ou seja, talvez você precise passar por um tratamento médico para tentar emagrecer.

Se o médico diagnosticar que o único caminho para sua doença é a cirurgia bariátrica, ele fará o pedido da operação no SUS, mas você entrará em uma fila de espera para ser encaminhado a um hospital público. Vale saber que essa demora pode variar de meses a anos.

Quem tem direito à cirurgia bariátrica / redução de estômago gratuita no SUS

De acordo com o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica, Dr. Almino Ramos, para estar na classificação de obesidade mórbida e fazer a cirurgia pelo SUS é necessário ter o Índice de Massa Corporal (IMC) igual a 40 ou maior do que isso.

Quem tiver IMC entre 35 e 40 pode fazer a operação se provar a necessidade. Ou seja, o paciente deve apresentar outros problemas que surgem por causa do excesso de peso, como diabetes, hipertensão, colesterol alto ou problemas ortopédicos.

O cálculo do IMC é feito assim:

Veja quanto é o seu IMC na calculadora da Konkero.

O que acontece depois da cirurgia bariátrica / redução de estômago

A redução do estômago faz o paciente comer menos porque o espaço para a comida no estômago fica bem menor. E assim começa a perda peso.



Existem vários tipos de cirurgia bariátrica: algumas retiram parte do estômago, enquanto outras grampeiam o órgão para que só parte dele seja usado pelo seu corpo.

O SUS também oferece cirurgia plástica pós-operatória para retirar o excesso de pele de quem fez a redução do estômago.

Como conseguir atendimento particular para uma cirurgia bariátrica / redução de estômago

O atendimento do SUS varia muito de cidade para cidade e nem todos os tipos de cirurgia são cobertos. Por isso, muitas pessoas tem optado procurar atendimento particular. Nesse caso existem duas opções: fazer um empréstimo ou fazer um consórcio de cirurgia plástica.

No caso do empréstimo existem várias linhas de crédito possíveis. É possível pegar um empréstimo pessoal no banco que você tem conta – mas os juros costumam ser altos.

Já no consórcio a pessoa paga parcelas mensais e, quando contemplada, recebe uma carta de crédito para pagar a cirurgia numa clínica ou hospital particular. O interessante é que a pessoa pode escolher qualquer clínica que esteja dentro do valor.



É importante lembrar que a operação bariátrica não resolve tudo sozinha

Quem vai fazer esse procedimento precisa manter hábitos saudáveis depois.

Conheça outras cirurgias que você pode fazer pelo SUS.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.