Vale a pena comprar na Black Friday do Brasil?

  • Google+
  • LinkedIn

Descubra como evitar fraudes e garantir uma boa compra!



Você já ouviu falar na Black Friday? Esse termo significa “sexta-feira negra” e foi criado nos Estados Unidos. Nessa data, as grandes lojas dão descontos que podem chegar até a metade do preço original dos produtos! Por causa do sucesso lá fora, o mercado brasileiro copia esse evento há três anos. Desde então, toda última sexta-feira de novembro é dia de Black Friday. Apesar de parecer um ótimo momento para as compras, nem toda oferta vale a pena. Descubra aqui como reconhecer uma boa promoção!

O que analisar na hora da compra

Antes de sair comprando por impulso, veja se o desconto é real. Algumas lojas aumentam os preços poucas semanas antes da Black Friday para fingir que estão com ótimos descontos na Black Friday. Mas você consegue escapar desse truque comparando os preços em lugares que não entraram na liquidação. Assim, se a diferença for pequena, você saberá que a loja está tentando enganar os clientes.

Existem sites que comparam preços, como o Já Cotei, que analisa o preço do produto em várias lojas e ainda informa a variação do preço nos meses anteriores. Outra opção é o Baixou, que pretende mostrar na Black Friday onde estão os menores preços do produto que você pesquisou.

Além disso, fique atento ao tamanho dos descontos oferecidos, pois eles podem indicar que o site é falso. Segundo o site Reclame Aqui, os preços devem reduzir apenas 30% nesse dia, então, se você encontrar um anúncio com 80% de desconto, desconfie. Pesquise se o site é verdadeiro e veja qual a opinião de quem já fechou negócio ali.

Quais sites evitar

Alguns portais não são recomendados nem fora da Black Friday. O Procon-SP divulgou uma lista com os sites que você deve evitar para não ter prejuízos. Confira a lista aqui.



Proteja sua compra

Se o desconto valer a pena e a loja for confiável, ainda assim confirme se o antivírus do seu computador está atualizado. Como existem muitos consumidores interessados nas promoções da Black Friday, podem existir tentativas de roubo de dados do cartão de crédito, por exemplo. Para você ter uma ideia, o interesse dos consumidores na Black Friday aumentou mais de 200% em relação ao ano passado, segundo a consultoria Conversion. E isso pode chamar a atenção de hackers mal intencionados.

Onde reclamar



Caso tenha problemas com as compras nesse dia, faça uma denúncia no site Reclame Aqui. Este site disponibilizou um espaço para consumidores que tiveram problemas na Black Friday, que você acessa por aqui.

 





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.