Jogue o buquê para o alto sem se jogar nas dívidas!

  • Google+
  • LinkedIn

O site Casando sem Grana é especialista em casamentos lindos com o orçamento que você tem nesse momento. Confira as dicas da criadora do portal para realizar seu sonho sem prejudicar as finanças.

casar-economizar-dinheiro



Se você quer muito se casar, mas a grana está curta, saiba que esse sonho pode se tornar realidade mesmo assim! Prova disso é a história de Sammia Ferreira Vilela, a criadora do site Casando Sem Grana, que enfrentou esse mesmo problema: fazer a festa dos sonhos com um orçamento pequeno. Como ela conseguiu bolar soluções criativas para ter um casamento inesquecível, Sammia criou o site para ajudar mulheres que enfrentam esse mesmo dilema. Nós conversamos com a criadora do Casando Sem Grana e também descobrimos um pouco mais sobre como organizar a cerimônia, os enfeites e a lua de mel usando apenas a grana que você tem nesse momento. Confira esse bate-papo e inspire-se para tirar do papel o seu maior sonho!

Quanto dinheiro você tem?

“Hoje em dia, casar é algo muito diferente de como era há cinco anos, principalmente em relação aos gastos. Agora, além de os noivos assumirem juntos esse pagamento, você precisa ter em mente que o evento deixou de ser uma festa para todos os conhecidos”, alerta Sammia. Por isso, saiba que um orçamento pequeno basta para tornar o casamento uma realidade. “Eu sempre recomendo que os noivos gastem somente o dinheiro que já têm, sendo que o mínimo para fazer desde a cerimônia até a festa é de cinco mil reais”, orienta a especialista. Nesse caso, peça ajuda da família para a organização dos preparativos. “Se quiser gastar esse valor, você vai precisar colocar a mão na massa. E para não acumular tantas funções com uma pessoa só, conte com a ajuda da família e dos amigos. Alguém prepara os docinhos, enquanto outros fazem as lembranças e por aí vai”, exemplifica Sammia. Além disso, se você tem uma amiga com talento para penteados e maquiagem, quem sabe ela não pode ser a responsável pelo visual da noiva?

Defina que tipo de casamento você quer

Existe a opção do casamento apenas no civil, na igreja e no civil ou morar junto sem formalizar legalmente a união. Levando isso em conta, decida o quanto antes se vocês querem organizar uma grande festa ou uma reunião íntima. Afinal, dependendo dessa escolha, o valor gasto será diferente. “Nesse momento, é muito importante que o casal converse e tome decisões realistas, principalmente em relação às finanças. E eles também precisam colocar no papel os gastos com a casa”, lembra Sammia.

Comece a organização

Após a decisão do tipo de festa, chegou a hora de pesquisar onde e como tornar esse sonho real. Nesse momento, você saberá se a grana que reservou para a festa será suficiente ou se você terá que adaptar o plano inicial. Então, comece montando uma lista:

  • Onde fará a festa;
  • Que tipo de música você gostaria de ter;
  • Quem são as madrinhas e os padrinhos, e com qual roupa devem ir;
  • Pratos e bebidas que serão servidos;
  • Quem fará as fotos e as filmagens;
  • Qual roupa o casal vestirá no dia;
  • Qual será a lembrancinha;
  • O que você planeja para a decoração;
  • A lista de presente;
  • Demais detalhes da festa.

Lembre-se de anotar quais itens dessa lista podem ser feitos por você e pelos convidados que toparam ajudar. Se quiser contratar profissionais, mas não sabe como começar, o Casando Sem Grana traz alguns exemplos de fornecedores que cobram preços “justos”, segundo a experiência da Sammia.



E atenção com a lista de casamento. Procure escolher presentes com preços variados e faça a lista em lojas que deixam você trocar os presentes. Quem já está com a casa decorada, pode inovar e pedir que o presente seja uma quantia em dinheiro para a lua de mel, que tal? Para encontrar uma viagem que caiba no seu bolso, fique ligada em pacotes de viagens e voos promocionais.

Na hora de escolher o vestido, Sammia garante: vale a pena comprar fora do país. Existem sites de empresas na China, nos EUA e na Austrália que vendem opções mais baratas do que os vestidos encomendados por aqui. Mas é preciso ter cuidado para acertar na escolha. “As mulheres já criaram truques, como pedir um ou dois números maiores do que o tamanho delas para mandar ajustar quando chegar. Separar um dinheiro extra para taxas alfandegárias (caso o pacote seja retido) e entrar em contato com costureiras que fazem acabamentos no vestido também são alternativas”, explica Sammia.



Cuidado com preços que são bons demais!

“Nem sempre o barato demais tem boa qualidade ou é entregue no prazo prometido”, alerta a especialista. Na dúvida, você precisa investigar a qualidade do serviço, seja nas redes sociais, no site ou nos portais de reclamação. Se o serviço foi indicado por alguma amiga, procure conversar com quem já foi cliente da empresa.

Casando com R$ 2.500

Sammia lembra que uma amiga gastou 2.500 mil reais para fazer uma festa com 30 convidados. Nesse caso, toda a família cuidou dos preparativos para dar conta da festa e do churrasco, tudo feito em uma semana. “Economia também pede que você tenha criatividade e bom humor. Tudo depende de como você vai lidar com as restrições e os imprevistos, principalmente no dia do seu casamento”, sugere Sammia.

Veja também!





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.