Invista em uma horta para a sua casa

  • Google+
  • LinkedIn

Aprenda com Dona Enny a cultivar os próprios alimentos e ainda economizar R$ 160 por mês

Invista em uma horta para a sua casa



Aos 85 anos, Enny Martins Faria dá uma lição importante: na hora de economizar não existem obstáculos. A ideia de usar 81 pneus como suporte da plantação veio do filho, mas as dicas para aproveitar todos os alimentos colhidos são segredos que Enny topou compartilhar com você! Conheça as principais dicas de quem aprendeu na prática e fique por dentro de como economizar e manter uma horta incrível em casa.

Horta caseira

Quem tem espaço, assim como Enny, pode escolher diversos tipos de plantações: alface, almeirão, couve, manjericão, alecrim, abobrinha, arruda, morango e por aí vai. Quanto mais opções você tiver, maior será a economia. “Antes eu gastava uma média de R$ 20 a R$ 30 a cada compra, sendo que ia ao mercado duas vezes por semana. Hoje, não gasto absolutamente nada”, diz Enny. Em um mês ela diminui os gastos em cerca de R$ 160 e, em um ano, terá economizado mais ou menos R$ 1.920. Para não haver desperdícios e gastar ainda menos, procure usar as cascas ou os caules de verduras como adubo da horta.

Enny e o filho, Fernando

Além das sementes, entre os gastos iniciais estão a terra, o adubo, os vasos (principalmente para quem mora em apartamento ou não tem tanto espaço em casa), e o pó de serra para quem vai plantar no jardim. “O pó de serra não gasta muito, deixa o lugar mais bonito e ajuda quando chove, por exemplo, porque constrói um caminho que não fica com todo aquele barro quando vamos colher algo”, explica Enny. Em relação ao lugar, procure uma área com sol e pouco vento. Caso precise plantar em vasos, saiba que os menores são ideais para cebolinha, salsinha e tomilho. E procure comprar vasos com no mínimo 30 centímetros de diâmetro.



Dica: quem usar pó de serra no chão terá que comprá-lo com freqüência. “Mantê-lo no chão ajuda a impedir as pragas de chegarem perto das folhas e dos frutos, e também impede que as plantas percam muito água para o ambiente em dias ensolarados”, explica Enny.



Na hora de comprar as sementes, peça dicas ao vendedor, como melhor época para cada planta, qual o espaço necessário e a intensidade de luz solar ideal para o crescimento da plantação. Por fim, escolha pelo tamanho quando colher os alimentos. “Prefira os maiores alimentos quando a refeição for para muitas pessoas. Assim você não joga nada fora”, orienta.

Gostou da ideia? Você pode investir em outros trabalhos manuais para economizar e, quem sabe, ganhar uma grana! Confira as dicas de quem faz artesanato e lucra com essa profissão.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.