Climatizador, ventilador e ar-condicionado: saiba o que escolher

  • Google+
  • LinkedIn

A partir de agora, você vai entender a diferença que ventilador, climatizador e ar-condicionado podem fazer nos ambientes do seu lar. Confira as vantagens de cada um e faça uma escolha segura!

Compare-climatizador,-ventilador-e-ar-condicionado-e-saiba-o-que-escolher



Ventilador

A função dele é produzir vento – ele não esfria o local. O modelo portátil permite que você direcione o vento para a direção que preferir. Já o modelo de teto consegue refrescar todo o ambiente.

Preço*: Os portáteis custam entre R$ 40 e R$ 280. Já os de teto têm preços superiores a R$ 80. Cuidado ao comprar online pois existem ventiladores pequenos que são para uso individual (e costumam ser mais baratos).

Consumo: Os ventiladores portáteis consomem de 1,2 kWh a 1,8 kWh por mês, em média. Já os ventiladores de teto consomem de 1,3 kWh a 2,3 kWh.

Climatizador de ar

Ele filtra o ar usando vapor de água e, assim, refresca o ambiente. Pode ser uma boa opção para quem tem problemas respiratórios.

Alguns também têm a modalidade de aquecer o ambiente.

Preço*: Os valores ficam entre R$ 215 e R$ 1.500.

Consumo: O consumo de um climatizador de ar varia de 3,5 kWh a 40 kWh. A diferença é grande porque o aparelho que tem a função de aquecer gasta bem mais energia do que o aparelho que faz apenas a ventilação.

Ar-condicionado

Ele é ótimo para controlar a temperatura de ambientes fechados. Para conseguir resfriar a temperatura, ele puxa o ar quente e devolve o ar refrigerado. Pode ser encontrado em modelos fixos (chamados de janela), split e portáteis.



O split é o que faz menos barulho pois sua máquina fica para fora da casa, em seguida vem o de janela que também fica do lado de fora, mas junto com o aparelho. Por fim, o portátil faz mais barulho pois sua máquina fica dentro do ambiente.

Em relação à instalação é exatamente o contrário. O mais fácil é o portátil, seguido do ar condicionado de janela e o split que exige uma instalação mais complexa. Por isso, ao avaliar as opções procure levantar os custos de instalação de cada um.

Preço*: Os produtos do tipo janela têm preço a partir de R$ 700. Os portáteis podem ser encontrados a partir de R$ 1.100 e o split a partir de R$ 850. Atenção ao comprar online com a voltagem do produto. Outro fator que influencia no preço do produto é sua potência que é medida em BTUs. Quanto mais BTUs, mais forte é o equipamento. Para saber a medida ideal meça o ambiente da casa e converse com um vendedor. Além da medida do cômodo, influenciam na escolha a quantidade de pessoas que ficam no ambiente, a insolação e outros fatores.

Consumo: Os ar-condicionados portáteis consomem em média de 30 a 40 kWh por mês. Os ar-condicionados de parede consomem de 15 kWh a 20 kWh mensais.



Qual é a melhor escolha?

Vai depender do quanto você pode gastar não só na compra do produto como na conta de luz. Por isso, avalie bem o gasto de energia de cada um, quais modelos você gostaria de comprar, quais deles resolvem sua necessidade e veja se conseguirá pagar essa conta no final do mês.

*Os preços foram pesquisados em dezembro de 2015 no site Buscapé e está sujeito a mudança.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.