Como escolher o hotel sem cair numa cilada

  • Google+
  • LinkedIn

Confira quatro dicas que vão ajudá-lo a escolher uma boa hospedagem para a sua viagem de férias!

Como escolher o hotel sem cair numa cilada



Ao fechar uma viagem, você terá que escolher um lugar para ficar. E para não correr o risco de pagar por uma hospedagem ruim ou perder dinheiro, existem algumas dicas importantes que você pode seguir antes de fazer a reserva. Entre elas, como descobrir se o hotel e o hostel são confiáveis e cadastrados seguindo as normas.

Larissa Talise Ferrari, da agência de viagens Unique Turismo para te alertar no que você deve estar atento. Além disso, vamos falar um pouco sobre como descobrir se um hotel é cadastrado conforme as normas e os principais destaques do ano, também para os hostels. Continue lendo!

1. Avalie o que o hotel tem para oferecer

A dica é listar os principais itens que você valoriza em um hotel, como quarto individual, localização e refeições inclusas. “Além disso, veja qual o nível de categoria do hotel (econômica, moderada, luxo, etc), o que ele oferece em termos de lazer e serviços e qual a sua expectativa em relação à hospedagem”, explica Larissa Talise Ferrari, da agência de viagens Unique Turismo. Ou seja, olhe tudo o que está incluso, considerando as taxas, demais refeições, custo de estacionamento, serviço de praia e outros. Em seguida, compare as opções que estão dentro do orçamento previsto e procure saber o que hóspedes anteriores têm a dizer sobre o lugar. Dessa forma, você descobre se os quartos são o que o hotel garantiu que eles seriam.

2. Saiba quando optar por diárias com refeições

Pagar por uma hospedagem com refeições inclusas só compensa quando você não vai passar o dia fora do hotel. Caso contrário, você terá que se preocupar em voltar ao hotel para almoçar ou jantar, sem contar o risco de perder as refeições e gastar esse dinheiro à toa.

3. Fique atento ao check-in e ao check-out

Geralmente eles são definidos pelo próprio hotel, por isso é importante verificar a partir de qual horário você pode entrar no quarto e até que horas precisa deixá-lo no último dia de hospedagem. Caso perceba que chegará antes de poder entrar no hotel, verifique se é possível deixar a bagagem na recepção e se existe algum custo por isso.



4. Confirme que o hotel é confiável

Além de pesquisar a opinião de outros hospedes, você pode verificar com o Ministério do Turismo se o hotel tem “CADASTUR”, que é uma permissão de trabalho dada a empresas e profissionais da área. Para saber mais, clique aqui! Na dúvida, pesquise se a empresa faz parte da Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav) ou da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa).

Os melhores hoteis e agências de 2014

Eles foram escolhidos por leitores e pela redação da revista Viagem e Turismo, e Guia Quatro Rodas para 2013 e 2014 como os melhores hotéis e agências. Confira!

Melhor Operadora de Turismo: CVC.
Melhor Operadora de Turismo de Luxo: Queensberry.
Melhor Operadora de Cursos no Exterior: Centra de Intercâmbios (CI).
Melhor Agência de Viagens Online: Submarino Viagens.
Hotel-fazenda do ano: Dona Carolina, de Itatiba.
Resort do ano: Rio Quente Resorts.
Pousada do Ano: Pousada Literária, de Paraty.
Hotel do Ano: Copacabana Palace.
Melhor Navio de Cruzeiros: MSC Preziosa.
Melhor Companhia Aérea Nacional: Avianca.
Melhor Companhia Aérea Internacional: Singapore Airlines.



Os melhores hostels de 2014

Já o HostelBookers, site especializado em buscas de hostels e hotéis baratos pelo mundo, premia há cinco anos os melhores hostels do Brasil. Entre os quatro selecionados de 2014 estão dois hostels brasileiros, que chegaram a ficar entre os três melhores da América do Sul. São eles: o Tucano House Backpackers, em Florianópolis (SC), e o Hostel Galeria 13, em Salvador (BA). Os outros dois ganhadores foram o Favela Chic Hostel, em Foz do Iguaçu (PR) com o melhor ambiente e o Kariok Hostel, no Rio de Janeiro (RJ) com a melhor equipe. Para saber mais sobre os outros países, visite a parte dos Prêmios de Excelência HostelBookers.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.