Como economizar na compra de passagem aérea

  • Google+
  • LinkedIn

Confira 6 dicas, compare companhias e veja como usar o tempo e a paciência ao seu favor!

Aré-que-idade-crianças-não-pagam-passagem-aérea



Vai viajar e não sabe qual o melhor momento para comprar sua passagem e nem como economizar nessa compra? Não tem problema, a Konkero conversou com o Leonardo Marques, fundador do site Melhores Destinos e com o diretor da Decolar.com, Alípio Camanzano, para entender melhor sobre o assunto. O resultado dessas conversas foram seis dicas para você gastar menos e poder aproveitar esse dinheiro na sua viagem ou economizar. Confira abaixo!

Procure na internet as companhias aéreas e os descontos

Entrar nos sites, jogar no Google e dar aquela vasculhada é uma das melhores ferramentas para você economizar na hora de comprar a sua passagem aérea. Hoje em dia existem diversos sites que te auxiliam a fazer essa busca. Neles, você escolhe por destino, data de ida e volta, número de passagens, etc. Os sites mais conhecidos são: Decolar, Melhores Destinos, Viaja Net e Submarino Viagens.

Sites de viagens X Sites de companhias aéreas: onde encontrar o menor preço

Todos eles pesquisam as passagens e preços em grande parte das companhias aéreas para informar o menor preço oferecido em uma passagem no dia e destino escolhidos.  Para conseguir pesquisar entre as empresas de avião, esses sites fazem parcerias com elas, tornando a busca mais fácil. É importante também acessar os sites individuais das companhias e ver se o preço que foi indicado como o melhor é realmente vantajoso. Pesquise e compare!

Para o diretor da Decolar.com, Alípio Camanzano, outra boa maneira de economizar é estar atento aos perfis em redes sociais da empresa. Alguns sites oferecem descontos exclusivos para os usuários que podem vê-los por meio das redes sociais ou de algum aplicativo disponível.

Compre usando milhas!

Segundo Leonardo Marques, fundador do site Melhores destinos, outra maneira de economizar é comprando passagens aéreas por meio das milhas. Elas costumam não ter restrição de destino e são ainda mais usadas fora de temporada. Pelos sites que comparam preços não é possível comprar as passagens com dinheiro e nem por milhas. Para isso, você deve entrar no site da companhia aérea e buscar o mesmo voo (com as especificações de data para ida e volta que deseja) e selecionar a opção de utilizar as milhas. Quer entender mais sobre os cartões que oferecem milhas e como consegui-las? Leia aqui!

Uma dica também é entrar nos sites de empresas de milhas, como Smiles e Multiplus. Nesses sites é possível pesquisar quantos pontos você precisa ter para trocar por uma determinada passagem. O problema é que eles não analisam a maioria das companhias, apenas as que pertencem ao programa. Por exemplo, a Smiles vai comparar as milhas apenas da empresa Gol, Delta Air Lines, Air France/KLM, Iberia, Qatar Airways e Aerolíneas Argentinas.

De olho na data da viagem

Outro aliado na hora de economizar é o dia da sua viagem. As companhias aéreas costumam cobrar preços diferentes de acordo com o dia da semana e o destino. Além disso, os preços podem subir de acordo com a procura. Por exemplo, para um destino turístico a passagem de ida numa 6ª feira a noite costuma ser mais cara do que ir na 5ª feira no meio da tarde. Por isso, Leonardo Marques da empresa Melhores Destinos, afirma que a principal dica é flexibilizar datas. Se você for tirar férias de 15 dias, pesquise passagens variando as datas de ida e de volta. “Isso pode facilmente gerar uma economia de 50% no preço final das passagens”, afirma Leonardo.

E fique atento, segundo ele, normalmente as promoções para passagens nacionais são realizadas aos finais de semana. No caso de passagens internacionais, não há dias específicos. Outra época que as passagens podem encarecer são nos períodos de férias escolares, alta temporada e próximas ou durante o Natal e Ano Novo. A alta temporada no Brasil corresponde aos meses de julho e janeiro, a segunda quinzena de dezembro e a primeira quinzena de fevereiro, além de todos os feriados.

Agora, se puder escolher a época, Alípio Camanzano, da Decolar.com, conta que é interessante planejar viagens fora de temporada, pois isso não só diminui os preços das passagens como o dos hotéis. “Os preços dos serviços, restaurantes e dos programas também tendem a diminuir, assim como a quantidade de turistas em um mesmo destino. Esses fatores podem deixar a viagem mais agradável”, explica Alípio.

De olho no horário, voos e destinos

Os preços mudam conforme as passagens vão sendo vendidas. Por exemplo, para determinado voo existem um número X de passagens por um preço Y, até que as passagens não se esgotem você terá direito àquele valor. Mas, não tem como saber se elas estão para esgotar e nem que horas do dia isso pode acontecer. Por isso planejar a viagem com antecedência costuma ser a melhor forma para economizar.

Em relação ao horário do vôo também existem diferenças. Segundo Alípio Camanzano, a madrugada pode render um preço mais acessível na passagem. O mesmo vale para voos com escalas, por exemplo. Eles costumam compensar porque são mais baratos e o atraso não costuma ser grande para chegar ao local.

Quanto aos destinos, o preço varia muito dependendo da distância que você se encontra. Segundo os dados da empresa Melhores Destinos, que todo dia pesquisa mais de três mil trechos, um destino de praia com preço bom para praticamente todo o Brasil é Maceió. Para quem está saindo de Brasília e de cidades do Norte, Fortaleza tem preços ótimos. Já para quem vai embarcar nas cidades do Sul, Sudeste e Brasília, Buenos Aires acaba sendo um destino barato.

“Outros destinos que nos últimos anos ficaram muito mais acessíveis são Machu Pichu, Aruba, Curaçao, Cancún, San Andrés e Cartagena. Passagens para a Europa também tem preços atrativos, em torno de R$ 1.600 ida e volta, mas o custo lá é alto”, explica Leonardo. Ele afirma que essa pesquisa vale apenas para o ano de 2014, pois as passagens costumam variar muito de ano a ano, e foi feita com base nos preços dos últimos meses.

Comprar muito antes não é sinônimo de economia

O site Melhores Destinos indica que em compras de passagens em baixa temporada para dentro do Brasil, o melhor é comprar de 25 a 40 dias antes. “Claro que é sempre válido ficar olhando, mas não se empolgue se baixar apenas R$ 10. Se estiver de 30 a 90 dias de sua viagem, o preço costuma ser o mesmo e se passar de 180 dias é provável que pague mais caro”, afirma Leonardo.

Já na alta temporada o indicado de tempo de espera para comprar a passagem é deixar para os últimos 60 a 90 dias, o que não significa que pode aparecer uma promoção antes ou depois e nem que em algum momento o preço será o mesmo da baixa temporada. “Porém, nunca deixe para última hora, não existem promoções feitas a poucos dias da viagem no Brasil. Se faltar três semanas para sua viagem, compre agora mesmo!”, explica Leonardo.

Agora, sobre as passagens internacionais, o melhor é sempre comprar com o dobro de antecedência. Ou seja, de 30 a 60 dias na baixa temporada e de 60 a 120 dias na alta temporada. As passagens também podem ficar mais baratas de acordo com o mês. Por exemplo, em dezembro e janeiro é frio na Europa e, por isso, o preço diminui. Agora se o seu destino for ver o Reveillon no Rio de Janeiro, passar o Carnaval em Salvador ou ver o São João em Campina Grande, esqueça as regras porque é difícil encontrar um preço bom.



Fique atento às taxas de cancelamento

Pode ser que você tenha que cancelar ou alterar uma passagem, mas isso pode demandar um custo grande. A complexidade das tarifas pode ser tão grande que até mesmo os funcionários acabam não avisando sobre todas elas. As situações que você pode enfrentar são:

– Multa ou taxa de reembolso. Essa taxa é cobrada para devolver ao passageiro o que foi pago pela passagem. Ela pode ser uma taxa fixa ou uma porcentagem do valor pago pela passagem.

Multa ou taxa de alteração. Taxa que seria o valor cobrado para alterar um bilhete para outra data, voo ou horário. Também pode ser uma taxa fixa ou uma porcentagem do valor pago pela passagem.

– No show. Essa taxa é o valor cobrado quando o passageiro perde o voo ou deixa de voar sem comunicar previamente.

– Diferença de tarifas. Essa taxa é a diferença entre o valor da tarifa pago na passagem original e o valor da tarifa no novo voo desejado.

Confira algumas tarifas de companhias aéreas que a Melhores Destinos separou e comparou aqui! Gostou das dicas? Então, confira a tabela que a Konkero fez para você comparar os voos e como eles variam por dia e antecedência de compra!

Os dias da semana mais baratos

Os preços foram comparados para menos de um mês a partir da data consultada (30/09/2014) em voos diretos (sem escala) e somente ida. A pesquisa foi realizada comparando todos os aeroportos dos Estados e pelo site da Decolar.

São Paulo – Rio de Janeiro*

Dia Preço
 R$ 156
 R$ 97
 R$ 61
 R$ 97
 R$ 61
Sábado  R$ 61
Domingo  R$ 97

São Paulo – Salvador*

Dia Preço
 R$ 241
 R$ 180
 R$ 175
 R$ 155
 R$ 155
Sábado  R$ 105
Domingo  R$ 155

 

São Paulo – Porto Alegre *

Dia Preço
 R$ 311
 R$ 206
 R$ 176
 R$ 155
 R$ 176
Sábado  R$ 176
Domingo  R$ 179

*Preços pesquisados nos dias 20 de outubro a 26 de outubro de 2014

Quanto você economiza se comprar antes

Os preços foram comparados conforme a antecedência e a data de consulta foi dia 25/09/2014 pelo site da Decolar. Os tipos de voos selecionados foram os diretos (sem escala) e só de ida.  A pesquisa foi realizada comparando todos os aeroportos dos Estados e mostrando os melhores preços que apareceram no dia.

São Paulo – Rio de Janeiro

Antecedência Preço
1 dia antes  R$ 204, pela GOL
1 semana antes  R$ 64, pela TAM
30 dias antes  R$ 81, pela Avianca
6 meses antes  R$ 81, pela Avianca
11meses antes R$ 81, pela Avianca

 

São Paulo – Salvador

Antecedência Preço
1 dia antes  R$ 294, pela Gol
1 semana antes  R$ 155, pela Avianca
30 dias antes  R$ 105, pela Avianca
6 meses antes e 1 dia  R$ 181, pela Gol
11 meses antes  R$ 175, pela Gol

 



São Paulo – Porto Alegre

Antecedência Preço
1 dia antes  R$ 428, pela Gol
1 semana antes e 1 dia  R$ 189, pela Avianca
30 dias antes  R$ 189, pela Avianca
6 meses antes  R$ 152, pela TAM
11 meses antes  R$ 155, pela Avianca

 





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.