Alternativas diferentes para economizar água!

  • Google+
  • LinkedIn

Vale tudo: balde no chuveiro e cisterna em casa. Inspire-se com a criatividade de quem está ajudando o meio ambiente

Alternativas diferentes para economizar água!



Não dá mais para esperar: é preciso diminuir os gastos de água desde já, não importa em qual cidade você mora. Além dos cortes comuns, como deixar de lavar o carro ou a moto, consertar torneiras que estão pingando e diminuir o tempo no banho, alguns brasileiros colocaram em prática ideias que reutilizam a água da chuva ou que seria perdida pelo ralo do banheiro. Confira!

Põe o balde nesse chuveiro, menina!

Mariana Lanzotti, 19 anos, decidiu reaproveitar a água que caía do chuveiro enquanto ela tomava banho e, com essa atitude, já conseguiu reutilizar oito litros! “Como tenho chuveiro a gás, ele demora para esquentar, então, deixo o balde ali. E não tiro nem quando a água esquenta. O que eu faço é deixar uma bacia maior ao lado para despejar a água ali quando o balde enche”, explica.

Hoje, todos que moram com a estudante aderiram à ideia. “Na primeira vez é um pouco desconfortável toma banho como balde ali, mas logo você se acostuma”, garante Mariana. Os principais usos dessa água são para dar a descarga, lavar o pano de chão e o terraço do apartamento. Apesar de nem sempre parecer uma grande economia, considere que existem quatro pessoas nesta casa e, colocando no papel, são 960 litros de água reaproveitados por mês!

Solte a imaginação!

Edison Urbano, dono do site Sempre Sustentável, cria maneiras de economizar há mais de 10 anos. Essa ideia surgiu quando ele ficou desempregado e preciso economizar dentro de casa. Para fazer isso, Edson já criou um Vaso freático, porque costumava gastar muito com irrigação das plantas, fez também uma descarga que funciona com a água do chuveiro e, por último, uma minicisterna. Esta última pode ser feita em casa com um gasto entre R$ 150 e R$ 300. “E você pode mantê-la por muito tempo já que ela é feita toda de plástico, além de caber em qualquer canto porque mede menos de cinco metros quadrados”, explica Edison.

Qual é a economia



Segundo Edson, a cisterna compensa quando a chuva é mais forte, pois quando chove pouco, entra muita sujeira do telhado. “Mas com uma chuva forte a cisterna enche em apenas cinco minutos. E dá para economizar muito, mesmo se for uma casa pequena. Eu economizo cerca de 50% de água por mês”, afirma. Essa água que fica na cisterna pode ser usada para irrigar as plantas, lavar o piso etc.

Tenha a sua cisterna

O passo a passo para montar o equipamento está aqui, no site Sempre Sustentável. Segundo o especialista, qualquer um consegue construir uma sem precisar de ajuda profissional. “E você pode procurar revendedores autorizados para pagar menos pelas peças, além de comprar o tambor de lugares que transportam alimentos, porque eles não podem reutilizá-los e cobram um preço baixo”, orienta Edson.



Minicisterna desenvolvida por Edson Urbano

Minicisterna desenvolvida por Edson Urbano





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.