Vale a pena expor sua empresa em uma feira de negócios?

Ter a chance de mostrar seu trabalho para investidores, fornecedores e para o público do setor é a oportunidade que as feiras de negócio trazem para sua empresa

Diferentes empresas e marcas, cada uma ocupando o seu estande de exposição. Bem-vindo à feira de negócios! Neste lugar, os empresários têm a chance de explorar um espaço próprio e personalizado para contar a sua história e fortalecer a marca dentro do setor. “Expor em feiras permite que a empresa seja conhecida pela concorrência, além de entrar em contato com investidores do setor e futuros clientes”, garante Fernanda Menezes, diretora-comercial do Grupo Ópera, especializado em feiras de artigos infantis. Além disso, estar em uma feira pode beneficiar o seu empreendimento, principalmente se você acabou de entrar no mercado. Se você sempre visitou as feiras e nunca soube as vantagens de montar um estande, confira aqui porque valeria a pena investir nessa estratégia.

3 vantagens de expor sua empresa em uma feira!

1. Se tornar conhecido

O público que frequenta as feiras está realmente interessado em conhecer a sua linha de negócios. Então, ao expor em um estande, você tem a chance de mostrar o conceito da sua empresa e fazer bons negócios. “É a sua oportunidade de se apresentar para um público segmentado e construir uma relação com seus clientes”, explica a diretora comercial do Grupo Ópera. Mas lembre-se de manter o contato com os clientes após a feira! Afinal, quem entrou no seu estande e não comprou nada ainda pode ser consumidor futuramente, pois ela se interessou pelo que você tem a oferecer. Cadastre todos que passarem pelo seu espaço e preserve esse contato!

2. Entender o mercado

Um dos objetivos da feira é conhecer as tendências do mercado. Com diversos expositores no mesmo ramo, você confere quais os lançamentos e os modelos de negócio recentes, além de aprender com seus colegas de mercado. “No caso das feiras para o público infantil, que organizamos, muitas costumam antecipar as tendências de moda e decoração que serão lançadas e vendidas no começo do ano seguinte”, explica Fernanda.

3. Fazer contatos

Conhecer fornecedores e possíveis investidores faz parte do pacote do expositor! “Empresas de investimento em franquias, tanto nacionais quanto estrangeiras, sempre estão entre o público dessa feira”, revela a diretora. Sem contar as parcerias comerciais que podem surgir com outros expositores.

Expondo a sua empresa

As primeiras impressões são fundamentais! Por isso, a organização do seu espaço de exposição faz bastante diferença. Confira algumas dicas para transmitir uma boa imagem do seu negócio:

Arrase no estande

“A forma de expor, a decoração interna, tudo surte efeito na hora de atrair o cliente. Por exemplo, trabalhar com a quantidade de funcionários que o seu espaço comporta ajuda a manter a harmonia do local onde você está expondo”, orienta a diretora do Grupo Ópera, especialista em exposições do ramo infantil.

E não deixe de treinar seus funcionários para que eles conheçam bem o negócio! Coleções, preço e formas de pagamento são informações que eles precisam saber para informar bem o cliente logo na primeira visita.

Aposte na inovação

Em uma grande feira com dezenas de opções, o que levaria uma pessoa a entrar no seu espaço e não no que está ao lado? Se diferenciar é importante não somente para atrair mais clientes, mas também para não ser esquecido por eles quando a feira acabar. “Algumas marcas servem café com petiscos, sorvetes e outros mimos para agradar o cliente no momento em que é atendido”, revela Fernanda. Outra proposta é convidar palestrantes para falar sobre diferentes temas dentro do seu espaço.

Marque presença

“Orientamos sempre que o dono da empresa esteja no estande, pois além de prestigiar a loja, ele tem ali uma oportunidade de passar as informações sobre os produtos tanto para o público final quanto para o fabricante”, destaca a diretora comercial. Dessa forma, você consegue descobrir qual a aceitação dos seus produtos e também a melhor forma de apresentá-los ao mercado. No caso dos produtos infantis, Fernanda destaca que o carro-chefe da marca pode sofrer mudança e até mesmo ser substituído depois dessa experiência.

Uma história construída metro a metro

Tatiana Ganme é a diretora da Bebé Sucré, uma linha de roupas infantis que começou com um estande de seis metros e hoje ocupa um espaço de quase 40 metros. Esse crescimento, segundo ela, aumentou muito a visibilidade da marca no mercado infantil. “Sempre fizemos uma decoração impecável em nosso estande para mostrar todo o conceito e identidade da marca. Estávamos crescendo, mas sempre incluímos a participação na feira em nosso orçamento anual. Sem dúvida é um investimento importante”, conta a empresária.



Além da visibilidade, as feiras incentivam as marcas que são iniciantes no mercado. “Quanto mais competidores o mercado tiver, mais força ele ganha. Consequentemente, maiores são as chances de dialogar com governos, sindicatos, de tentar buscar melhorias e incentivos para nosso setor. As marcas que surgem não têm um caminho fácil a percorrer, e devem ser incentivadas a construir uma boa base para que possam crescer com conteúdo e estrutura”, defende Tatiana.

Ainda não quer investir em um estande? Não tem problema! Conheça as vantagens de visitar uma feira de negócios!


Precisando de dinheiro?
Solicite empréstimo pessoal online no ibi Digital.