Técnico em petróleo está em alta!

  • Google+
  • LinkedIn

Ser técnico em petróleo está em alta! Saiba tudo sobre o mercado, as condições de salário e o dia a dia das profissões dessa área

tecnico em petroleo



O setor de petróleo e gás é uma das áreas mais importantes em todo o mundo, sabia disso? Perfuração de poços, operação de sondas e construção são alguns dos trabalhos que o especialista nesse ramo poderá desenvolver. E o setor, que sempre foi responsável por gerar muitos empregos, aumentou ainda mais as contratações. “A descoberta da camada pré-sal abriu vagas para a exploração dessa área, então ainda mais postos de trabalho serão criados”, revela Larissa Meiglin, porta-voz do portal de vagas Catho.

A maioria das atividades relacionadas ao petróleo pode parecer masculina, mas esta é uma ideia em transformação. “De fato o setor ainda tem mais homens, mas aos poucos as mulheres estão se identificando com esta área porque é uma excelente oportunidade de conquistar uma carreira com maiores salários”, explica a porta-voz da Catho.

Conheça um pouco mais sobre o mercado de trabalho do setor petrolífero e descubra quanto você pode ganhar nesta profissão!

Tem emprego no setor?

Sim! Sem dúvida, o mercado de trabalho nesta área está em crescimento. Pesquisas realizadas pela Catho, por exemplo, indicam que serão necessários 250 mil novos profissionais até o final de 2020, em diversos níveis de formação. Mas dependendo do curso que você escolher, não conseguirá disputar todas as vagas. “Os cursos técnicos dão ao profissional o diploma de um curso superior, mas nem todas as empresas aceitam essa formação”, conta Larissa. Além disso, os cargos públicos em empresas como a Petrobrás não abrem vagas para este tipo de graduação. Nesse caso, o tecnólogo precisará buscar oportunidades de trabalho em empresas terceirizadas. E esta é uma dica muito importante! Se você já tem um local de trabalho onde gostaria de trabalhar, informe-se sobre o processo seletivo e descubra quais as restrições e exigências do cargo!

A média dos salários que você pode ter

Conforme o curso que você fizer, os salários podem variar entre 800 e 15 mil reais! No geral, saber falar inglês é um diferencial, pois esta carreira está ligada a setores internacionais da economia. Quer ter uma ideia de quanto você pode ganhar? Confira a média salarial das oportunidades cadastradas no portal de vagas Catho:

ÁREA MÉDIA SALARIAL
Gerente de Engenharia de Petróleo R$ 15.634,46
Gerente de Operações de Sonda R$ 9.020,29
Engenheiro de Petróleo R$ 7.057,10
Engenheiro de Poço e Perfuração R$ 6.564,53
Engenheiro de Reservatório R$ 5.610,74
Técnico de Petróleo R$ 5.036,13
Engenheiro de Tecnologia R$ 4.732,07
Engenheiro de Campo R$ 4.121,02
Operador de Estação R$ 3.550,06
Engenheiro de Análise Econômica R$ 2.968,04
Encarregado de Solda de Extração de Petróleo R$ 2.277,46
Técnico de Produção R$ 1.802,80
Bombeador R$ 1.691,82
Plataformista R$ 1.654,16
Auxiliar de Manutenção de Sonda R$ 868,28


5 áreas do setor petrolífero

Cada tipo de formação permite que você entre em um cargo diferente. Então, antes de escolher o curso, pense nos seus objetivos profissionais e onde pretende chegar nos próximos anos. Você pode começar pesquisando um pouco mais sobre cinco áreas comuns deste setor. Confira!

1. Engenheiro de poço e perfuração

O profissional dessa área é responsável por fazer a perfuração do poço que vai trazer o petróleo à superfície. Ele deve conhecer todas as condições do local, acompanhar testes do solo e garantir que o poço perfurado seja eficiente.

Onde trabalhar: refinarias e plataformas de exploração de petróleo.

2. Técnico de petróleo

Nesse caso, é exigida uma formação mais ampla, pois você será responsável por diferentes atividades. Operar e controlar máquinas da produção de petróleo e gás natural, supervisionar os danos ambientais e conhecer rochas e materiais são algumas das atividades.

Onde trabalhar: refinarias, indústria de processamento de petróleo e derivados, instituições de ensino e pesquisa.

3. Plataformista

Controle e manutenção da plataforma marinha de petróleo: esse é o trabalho do plataformista. Com conhecimentos em transporte e perfuração, ele irá auxiliar as equipes de exploração do petróleo e também garantirá a segurança da plataforma.

Onde trabalhar: plataformas marinhas de exploração de petróleo.

4. Soldador

Cargo que existe em uma refinaria de petróleo, mas também em diversos setores da indústria. Esse profissional vai lidar com o corte e a junção de diferentes objetos, como grandes vigas de ferro a pequenos fios elétricos.

Onde trabalhar: indústria automobilística, refinarias de petróleo, construção.

5. Operador de estação

Depois da extração do petróleo, é necessário armazená-lo e transportá-lo dentro da plataforma – e para fora dela. Aí entra o operador de estação, responsável por diversas atividades operacionais e por auxiliar as demais equipes da plataforma.

Onde trabalhar: plataformas de exploração de petróleo.



Fique atento! A maioria dos cargos técnicos que envolvem o setor petrolífero exige que você trabalhe na refinaria ou na plataforma de exploração, que são próximas às cidades litorâneas. Então, saiba que escolher esse setor pode significar uma mudança de cidade ou estado.

Quer conhecer outras profissões em crescimento? Saiba mais sobre a área de Tecnologia da Informação.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.