Que tal ganhar dinheiro revendendo água?

  • Google+
  • LinkedIn

É isso mesmo! As opções de uma revendedora vão além dos cosméticos, das roupas e dos potinhos da tupperware. Conheça mais sobre esse mercado e saiba se é possível ganhar dinheiro vendendo água.

shutterstock_151674215



Trabalhar vendendo galões de água das distribuidoras não é tão simples quanto ser uma revendedora das maiores empresas de cosmético do país. Este mercado tem muitas regras em relação ao armazenamento e ao transporte dos galões, e nem sempre os clientes são fáceis de conquistar. Mesmo assim, revender água é uma opção para quem procura uma área diferente nesse mercado. Antes de decidir se você está no caminho certo, a Konkero levantou as principais exigências para atuar nessa área, além de dicas para você acertar em cheio nas vendas. Confira!

As regras da profissão de comercialização de água

O que você precisa saber o quanto antes: na comercialização de água, não existe o pagamento de comissões, como acontece quando você revende cosméticos, por exemplo. Aqui é você quem faz a compra em uma distribuidora de galões e decide o preço que cobrará dos clientes.

Mas para conseguir comprar a água, é necessário ser pessoa física (ou seja, abrir uma empresa e regularizar seu trabalho como autônomo), ter um espaço para guardar os galões que siga as regras da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), além de um veículo para transporte que também siga as regras de qualidade.

Como armazenar a água

Segundo as regras da Anvisa e da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), a área onde você deixará a água deve ser protegida do sol e não ter infiltrações nas paredes ou no teto. Guarde os galões na vertical e certifique-se que todos estão com o prazo de validade visivelmente gravado. Estas são algumas condições de armazenamento que você precisa seguir. Então, vale conferir todas as exigências no site da Anvisa.

Uma vantagem é pedir para os clientes guardarem os galões de água que estão vazios. Então, você pode recolher estes galões e levá-los à distribuidora para que sejam reutilizados. Dessa forma dá para conseguir um bom desconto na compra.

Como transportar a água

Levar os galões até os clientes também é um processo com muitas normas e regulamentações. Por exemplo, o veículo precisa ter registro na Anvisa e ser usado somente para esse trabalho. O espaço do motorista deve ser separado da área onde ficam os galões, e a água não pode ficar exposta ao sol nem ser transportada com outros alimentos. Saiba também que é permitido empilhar no máximo quatro galões, caso contrário, a embalagem será danificada. Para conferir todas as regras, vá ao site da Anvisa.

Onde comprar os galões de água

O cuidado mais importante na hora da compra é escolher um distribuidor que possua certificação da Anvisa. Água mineral é um produto que só pode ser comercializado se possuir esse registro, confirmando que os procedimentos e as normas adequadas estão sendo seguidas e constantemente avaliadas pela agência de vigilância. Segundo a Anvisa, a venda de qualquer produto sem essa regulamentação é ilegal.



É necessário também que o local esteja registrado no Ministério da Saúde. Mesmo se o seu distribuidor estiver registrado e possuir o certificado da Anvisa, confirme que a água está na validade, se os galões não estão amassados na embalagem ou têm irregularidades na identificação que podem prejudicar sua venda. E não tenha medo: se for necessário, recuse comprar a mercadoria.

Saiba cobrar pelos galões de água

Como você paga pelos galões e revende tudo sem ganhar comissão, saber cobrar fará toda a diferença no seu orçamento. Uma das dicas para acertar na escolha do preço é pesquisar os valores perto da região onde você vai entregar. Lembre-se de não fugir muito do valor do mercado, afinal, você precisa conquistar os seus clientes. Faça as contas dos gastos com transporte e cobre um valor que não trará prejuízos. Na cidade de São Paulo (SP), a média do valor do galão de 20 litros está em R$ 13.

Fique atenta! O lucro da atividade depende da sua venda, mas algumas empresas podem exigir uma cota mínima de galões na primeira compra. Confirme essa informação na hora de se filiar a uma empresa.



Invista na divulgação da sua empresa

Seguir as normas de armazenamento e transporte, e saber cobrar pelo galão ainda não é suficiente: falta pensar na divulgação do seu novo negócio! Que tal montar um site simples e gratuito, com o endereço da sua empresa? Você também pode produzir ímãs de geladeira e distribuir pela região – mas lembre-se de colocar o telefone e o endereço neles! Quanto mais pessoas e empresas souberem do seu negócio, mais vezes você será lembrado por isso.

Veja também!

Achou esse negócio muito complicado? Então, conheça outros tipos de revenda que você pode fazer para turbinar o seu orçamento!





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.