Os riscos de mentir no seu currículo

  • Google+
  • LinkedIn

Além de perder a vaga, você pode ficar com o nome manchado em outros processos seletivos.

riscos-mentir-curriculo



Nada justifica exagerar nas informações profissionais ou mentir sobre sua carreira tanto no currículo quanto na entrevista de emprego. E não se engane: as empresas conseguem perceber que a história contada por você não é verdadeira. Uma pesquisa sobre este tema, feita pelo portal norte-americano CareerBuilder, mostrou que 58% dos empregadores nos EUA já pegaram farsas em  currículos. Segundo os entrevistados, as situações mais comuns são os exageros nas habilidades e responsabilidades, e as mentiras sobre as datas de trabalho, o tipo de cargo anterior, a escolaridade, entre outros.

Normalmente, esse truque é percebido logo na entrevista. Mas mesmo quando você consegue passar e é contratado, a farsa se revelará em pouco tempo. “A mentira não se sustenta. É compreensível que o candidato veja a vaga e adapte os dados do currículo para essa oportunidade. Mas isso é bem diferente de contar uma mentira”, alerta Edna Rodrigues Bedani, vice-presidente de conhecimento e aprendizagem da Associação Brasileira de Recursos Humanos de São Paulo (ABRH-SP).

Os riscos de mentir para ser contratado

Quem inventa histórias e é descoberto na entrevista tem grandes chances de ser eliminado do processo seletivo na mesma hora. E mais: você estará fora de qualquer seleção que esta empresa faça futuramente. “Então, quem mentiu porque achou que não tinha o perfil para esta vaga, poderia se candidatar a outra que precisasse das habilidades que ele tem. Nesse caso, ele teria uma chance. Só que isso não acontece com quem mente”, explica a especialista.

Se você passou pelo processo e foi contratado, ainda existe o risco de ser desmascarado. Nesse caso, além de perder o emprego, você terá a sua imagem prejudicada seriamente, pois outros empregadores podem pedir referências sobre seu trabalho nessa empresa onde a mentira foi descoberta. “É muito comum ligar no último emprego do candidato e pedir detalhes do trabalho dele. Nesse caso, não tem erro: quem está contratando sempre fica sabendo sobre as mentiras”, alerta Edna.

As mentiras mais comuns

De acordo com Edna, no Brasil as farsas costumam aparecer principalmente em questões relacionadas à formação do candidato. Se esta mentira veio ao longo do texto do currículo, fica difícil percebê-la porque este conteúdo costuma ser muito objetivo e resumido. Mas em etapas seguintes de um processo de seletivo, nas quais o candidato conversa com um gestor da empresa, é simples descobrir quem está falando a verdade ou não.



Os candidatos também costumam inventar que são especializados em algum assunto, sendo que não têm esse conhecimento. Mas as empresas também sabem como descobrir essa farsa. “Conforme a entrevista segue, dá para notar que o candidato não tem ideia do assunto”, revela a especialista.



Mentir sobre o conhecimento em outros idiomas, normalmente inglês e espanhol, é outro exemplo que aparece com frequência. “Mas quando eu pergunto o nível de inglês de quem quer a vaga, por exemplo, e ele responde que é avançado ou fluente, com certeza eu vou querer testá-lo. Então, quem está mentindo se assusta quando eu começo a entrevista em outro idioma”, conta Edna.

Fique atento!

As empresas avaliam os candidatos antes de chamá-los para o processo seletivo, mas além de ligar para ex-colegas e ex-chefes, o empregador procura o perfil deste candidato nas redes sociais. Facebook, Twitter e Linkedin são espelhos do seu comportamento, então, mantenha uma imagem profissional nas redes sociais para que a empresa leve a sério as suas ideias.

Veja também!





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.