Nota Fiscal Paulistana: entenda o que mudou

Confira todas as mudanças no Programa Nota Fiscal Paulistana e descubra o que isso muda na sua vida a partir de agora.

O programa Nota Fiscal Paulistana foi criado pela prefeitura de São Paulo para devolver aos cidadãos parte do valor recolhido de impostos e, assim, incentivá-los a pedir nota fiscal nos estabelecimentos. Neste programa, são aceitas apenas as notas fiscais de prestação de serviços, ou seja, aquelas que você pede no cabeleireiro, academia, escola, faculdade, entre outros, emitidas apenas na cidade de São Paulo.

Recentemente, o programa Nota Fiscal Paulistana passou por algumas mudanças em seu funcionamento, tendo inclusive o seu nome sido alterado para programa “Sua Nota Vale 1 Milhão”. Por isso, vamos te ajudar a entender o que mudou nas regras do programa. Confira!

Programa Nota Fiscal Paulistana: como era?

Inicialmente, o programa Nota Fiscal Paulistana oferecia o reembolso de parte do valor de impostos pagos pelos cidadãos na prestação de serviços, além de oferecer alguns sorteios com valores variados durante cada mês. Esse saldo ficava disponível no cadastro de cada cidadão e, ao chegar no valor mínimo para resgate, ele podia escolher entre receber o saldo em sua conta ou abater o valor do seu IPTU.

Programa Nota do Milhão: o que mudou?

Com as novas regras, será realizado um sorteio no valor de 1 milhão de reais durante todos os meses – exceto dezembro, em que o sorteio será de 2 milhões. Além disso, não haverá mais o reembolso por cada nota fiscal emitida. Desta forma, a cada nota que for gerada, independente de seu valor, o cidadão receberá um cupom para participar dos sorteios – o que pode aumentar as chances de levar o prêmio – mas há um limite de no máximo 100 cupons por CPF.

Os sorteios acontecerão no 5º dia útil de cada mês e levarão em conta todas as notas geradas até o dia 25 do mês anterior. Notas fiscais geradas após esse prazo farão parte do próximo sorteio. E, caso seja o ganhador do sorteio, o cidadão poderá optar entre receber o saldo em sua conta ou abater o valor do seu IPTU.

Como participar do programa Nota do Milhão

Se você já era cadastrado no programa Nota Fiscal Paulista e optou por participar dos sorteios em seu cadastro, não precisa se preocupar, pois esse cadastro continuará ativo e você já poderá participar dos sorteios automaticamente. Caso ainda não tenha optado pela participação nos sorteios, basta aderir ao regulamento de sorteios clicando em “sim” na opção “Adesão ao sorteio – aceito participar e concordo com o regulamento”.

Agora se você quer se cadastrar no programa, basta acessar o site da Nota do Milhão e preencher os seus dados. Será preciso informar o seu CPF ou CNPJ e uma senha, que serão solicitados toda vez que você for acessar o seu cadastro. Depois é só continuar pedindo as notas fiscais de serviços e torcer para ganhar!

Nota Fiscal Paulistana x Nota Fiscal Paulista

Muitas pessoas não conhecem a diferença entre esses dois programas e, inclusive, acreditam que exista apenas um programa que traz vantagens pelo pedido de notas fiscais. Entretanto, ambos funcionam de maneira diferente. Veja as diferenças:



  • Nota Fiscal Paulistana: neste programa da Prefeitura de São Paulo, os cidadãos que pedem notas fiscais de serviços (obtidas em salões de cabeleireiros, academias, escolas, etc., na cidade de São Paulo) concorrem a sorteios mensais no valor de 1 milhão de reais e podem usar essa quantia para quitar o valor do seu IPTU, ou ser creditada em sua conta.
  • Nota Fiscal Paulista: no programa do Governo do Estado de São Paulo, os cidadãos que pedem notas fiscais recebem parte do valor que foi pago de impostos, e o saldo pode ser usado para obter descontos no IPVA ou ser creditado em sua conta. Além disso, também existem sorteios mensais realizados neste programa, no entanto, os valores sorteados costumam ser menores.

É importante lembrar que, mesmo com as mudanças no programa Nota Fiscal Paulistana, da Prefeitura de São Paulo, o programa Nota Fiscal Paulista, do Governo do Estado, se mantém da mesma forma.

Dica!

Para saber se você foi o ganhador de algum sorteio, é importante estar atento ao seu cadastro, pois essa é a única maneira de descobrir se você foi sorteado ou não. E lembre-se: quanto mais notas fiscais você pedir, mais chances você tem de ganhar!

Veja também




comentários