Ele tem 13 anos e já é dono do seu próprio negócio

  • Google+
  • LinkedIn

Davi Braga é fundador de uma plataforma online de compra de material escolar. Se você quer montar o seu negócio, não perca nesta matéria as lições de empreendedorismo do garoto

Davi Braga



Empreender não tem idade, sabia? O Davi Braga tem 13 anos e já é dono do seu próprio negócio: a startup List-It, que deve começar a funcionar em novembro. A List-It é uma plataforma online em que os usuários poderão pesquisar preços e comprar material escolar pelo computador, tablet ou celular – e receber tudo em casa! “Tive a ideia sozinho. Quando contei para o meu pai, ele me ajudou a aperfeiçoar. Hoje tenho dois sócios e um programador”, conta Davi, filho do empreendedor e investidor-anjo João Kepler.

Se você também tem vontade de começar um negócio, confira abaixo algumas dicas  do pequeno empreendedor e conheça melhor o dono dessa precoce história de sucesso!

Conheça as necessidades das pessoas

Ao comprar material escolar todo início de ano, o Davi percebeu que milhares de pessoas passavam pela mesma situação. A ideia de criar a List-It nasceu a partir dessa necessidade, além do fato que sua mãe gastava muito tempo pesquisando os menores preços dos produtos. “Ela estava sempre se atrasando para compromissos pessoais e profissionais por causa disso”, conta Davi.

A mãe dele é dona de uma papelaria e estava sempre ocupada em pesquisas de preços para a compra do material do filho e também dos seus clientes. Quando não tinha em sua loja algum produto da lista que o cliente pedia, ela ia atrás do mais barato e depois entregava o kit completo a domicílio. Percebendo tudo isso ao seu redor, o garoto, aos 11 anos, identificou o que precisava ser feito: encontrar um meio para diminuir o tempo em pesquisas de preços, localizar as melhores ofertas e comprar, com praticidade e economia, todos os itens da lista de material escolar. A solução? A List-It!

Então, faça como o Davi: perceba o que as pessoas estão precisando e reúna ideias do que você pode fazer para ajudá-las. Em uma dessas ideias pode nascer um grande negócio!

Identifique os problemas das suas próprias ideias para melhorá-las



Ter a ideia para montar um negócio é um passo muito importante mas, antes de colocá-la em prática, é preciso verificar se ela pode ser aplicada do jeito que você pensou ou se precisa mudar alguma coisa. O Davi percebeu uma carência na List-It: a startup corria o risco de ser utilizada apenas uma vez por ano, porque material escolar só é comprado quando o ano letivo começa. Então, pensou na solução: “Tive a ideia de expandir o foco da startup. Quando ela for ao ar, qualquer pessoa pode inserir a sua lista, de qualquer produto que ela oferecer”, afirma o garoto. Assim como as papelarias, outras empresas e pessoas que vendam algum tipo de produto poderão se cadastrar na plataforma para anunciar suas ofertas e fazer parte das pesquisas de preços dos usuários.

Não se deixe levar pelos outros e enfrente os problemas

Se você tem vontade de fazer algo, insista! Mesmo que os outros não estejam acreditando no seu negócio. “A única pessoa que vai fazer algo dar certo é você mesmo”, diz Davi. “Nunca desista dos seus sonhos e qualquer problema que você tiver, enfrente”, aconselha o empreendedor. Assim como todo mundo, o garoto também teve alguns problemas com o seu negócio. “Tive dificuldade com programadores, que não entregaram o trabalho a tempo, e com lojas que não fecharam parceria”, conta. Mesmo assim, a insistência falou mais alto e a List-It está prestes a entrar no ar!



“Esta não vai ser a minha última startup. Tenho muitas ideias na gaveta. Eu detecto o problema e encontro a solução”, avisa Davi.

Quer aprender mais com os pequenos? Clique aqui e conheça a história de Thiago Berce, o menino que juntou moedas e comprou um carro aos 10 anos de idade!





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.