Concursado: saiba o que fazer no estágio probatório

Passou no concurso público? Conheça três dicas importantes para se sair bem no período de adaptação e alcançar a estabilidade nessa carreira

10472700_709117082481252_734930316_o

Carreira pública é quase um sinônimo de estabilidade, a chance de nunca ficar desempregado, não é mesmo. Mas, para isso, quem conquistou uma vaga pública precisa se sair bem nos três primeiros anos neste cargo – período chamado de estágio probatório. Essa fase é a adaptação do funcionário recém-aprovado no concurso e que permite a efetivação no cargo em que foi nomeado. Isso significa que os reprovados nessa fase podem perder a vaga conquistada com tanto esforço!

Durante o estágio probatório são realizadas avaliações semestrais, em que são cobradas algumas exigências dos candidatos:

– Assiduidade: ser pontual e não faltar com frequência;
– Disciplina: cumprir as regras;
– Iniciativa: resolver problemas e assumir responsabilidades que não foram pedidas pelos chefes;
– Produtividade: dar conta do seu trabalho;
– Responsabilidade: ter comprometimento com as regras.

Estas condições também costumam ser cobradas dos funcionários do setor privado, o que significa que um bom funcionário precisa se preocupar com estes pontos durante toda a carreira. Então, além de seguir estas exigências, confira três atitudes que vão ajudá-la a deixar uma boa impressão no seu período experiência.

1. Mantenha o diálogo

É muito importante manter um diálogo com a chefia e com os colegas de trabalho. Não se esqueça: você está ali para aprender a dinâmica da instituição, e ter dúvidas não é um problema. Por isso, faça perguntas e tente resolver suas dúvidas o quanto antes. Além de ser uma atitude responsável, mostra o seu esforço em se adequar ao local de trabalho.

2. Se precisar tirar uma licença, avise com antecedência

Não tem jeito: algumas situações pessoais podem pegar você de surpresa. É importante ressaltar que, embora você não seja efetivo no seu cargo, ainda possui todos os direitos e benefícios relacionados ao cargo público. Então, se precisar tirar alguma licença, o período em que você esteve fora será descontado. Mas procure avisar a chefia com antecedência. Afinal, simplesmente não aparecer ou se atrasar sem dar justificativa é uma péssima postura.

3. Entregue o trabalho com qualidade

Apesar de ainda estar se adaptando à dinâmica da empresa, mostre que você é boa no que faz! Mas saiba que quantidade não é sinônimo de qualidade: se esforçar para atingir as metas da empresa é importante, mas não adianta entregar um trabalho mal feito.




comentários