Vale a pena pagar pela gasolina aditivada?

Entenda as diferenças entre a gasolina comum e a aditivada e saiba se vale a pena optar pela mais cara. Confira!

Na hora de abastecer o carro no posto, você já deve ter ouvido o frentista perguntar: “gasolina comum ou aditivada?”.

Os dois tipos podem ser usados para abastecer os carros movidos a gasolina e também os flex. Mas qual é a mais recomendada?

Comum x aditivada

A diferença é que a gasolina aditivada possui um tipo de detergente que limpa as válvulas de combustível do carro.

Isso ajuda a evitar entupimentos. E também é bom para o meio ambiente, afinal, com as válvulas sempre limpas, seu carro polui menos.

Comparando os preços

A aditivada é mais cara do que a gasolina comum. Aí surge a dúvida: vale mais a pena usar a gasolina comum e pagar para limpar o motor, ou só colocar a aditivada?

Depende. Uma boa dica para saber qual combustível usar é dar uma olhada no manual do proprietário, que vem junto com o veículo. Lá diz qual é a melhor opção para abastecer seu carro.

Se o carro consome muito, pode ser uma boa usar só a gasolina comum e pagar para uma oficina fazer a limpeza das válvulas (recomendada a cada 20 mil quilômetros rodados).

E se eu quiser mudar para a aditivada?

Se você decidiu mudar de combustível, vá com calma. Parar de usar a gasolina comum e começar a usar a aditivada pode causar algum entupimento nos canais de abastecimento.  Isso acontece porque o detergente vai retirar muita sujeira ao mesmo tempo.

Para evitar esse problema, comece misturando um pouquinho de aditivada à comum, aumentando toda vez que for abastecer.




comentários