Transforme seu troco em um carro: saiba como! - Konkero

Transforme seu troco em um carro: saiba como!

Conheça a história de Thiago Morales Berce, o garoto que comprou um carro aos 10 anos usando apenas as moedas de troco de sua família.

ThiagoCofrinho1

O que você faz com as moedas que recebe de troco? Thiago Morales Berce não exita em guardar todas elas em seu cofrinho! E, acredite, essa economia fez toda a diferença na vida do garoto de 10 anos que tinha como objetivo comprar o seu próprio carro.

Com determinação e muita responsabilidade, Thiago economizou durante três anos para a conquista de seu objetivo. Nós da Konkero fomos até lá para saber quais são os segredos do “menino do Fusca” para tamanha determinação e, de quebra, aprendemos uma lição de vida: nunca devemos desistir dos nossos sonhos.

Conheça a história de Thiago e inspire-se na conquista dos seus objetivos.

Sua principal inspiração foi seu pai

O objetivo de Thiago em conquistar seu próprio carro não surgiu do acaso. Seu pai, aos 13 anos, também tinha conseguido comprar um carro e isso inspirou o garoto. “Eu falei para o meu pai que também queria ter um, e ele disse ‘então você começa a guardar dinheiro para comprar o seu’”, lembra Thiago, que começou a poupar aos sete anos.

Economizar não é fácil, mas é possível

Thiago não recebia mesada, por isso teve a ideia de juntar todas as moedas que os pais rejeitavam.  “Thiago sempre pegava o que sobrava dos nossos bolsos. E o que ele achava em cima do balcão da loja, pedia para guardar”, diz a mãe do garoto, Andréia Morales Berce, comerciante em Assis Chateubriand, no Paraná.

Ter foco é essencial!

Sempre que encontrava um trocado, Thiago pensava em seu sonho ainda distante: comprar um Fusca. Ter esse objetivo claro em sua mente foi a maneira mais simples para que ele resistisse às outras compras que crianças não costumam dispensar.  “Se eu gastasse com outra coisa, não poderia comprar o meu carro. Às vezes passa propaganda na TV de um brinquedo e dá aquela vontade de comprar. Mas se você fizer isso, você não guarda”, ensina.

De acordo com sua família, os ensinamentos de controle financeiro de Thiago vieram de casa, resultado de hábitos dos seus pais. “Nós compramos o que eles querem, mas na hora certa, conforme a necessidade, sem considerar só a vontade”, conta Andréia , que também é mãe da Thalia, de 16 anos.

Dinheiro em casa não rende

Ainda melhor do que guardar suas economias em casa, é colocá-las no banco para ver a grana render! Thiago aprendeu essa lição aos sete anos.  “Quando eu expliquei a ele que o dinheiro aumentava quando estava no banco, ele ficou ainda mais interessado em juntar. Então, eu abri uma poupança para ele. E ele achava o máximo dizer que tinha uma conta no banco”, lembra Andréia. Com isso, Thiago guardava suas moedinhas em casa durante todo o mês e, no final dele, sua mãe depositava as economias na poupança. Desta forma, o dinheiro sempre ia rendendo um pouquinho.

Realizando o grande sonho: a compra do Fusca

Depois de três longos anos poupando até alcançar o valor de R$ 2.500, Thiago conseguiu finalmente adquirir o seu carro dos sonhos, um Fusca ano 1976. Seus pais buscaram o carro e o trouxeram de surpresa para o garoto.  “Meu pai entrou com o Fusca e eu nem percebi”, lembra Thiago. “Quando percebi que o carro era meu, abracei meu pai e não sabia nem o que falar!”, conta.
ThiagoCofrinho2

O Thiago ainda não tem idade para dirigir, mas o seu carro já é personalizado!



A economia não para por aí!

Depois de descobrir que, com perseverança e responsabilidade, era possível alcançar seus objetivos, Thiago continua guardando moedas e investindo na poupança, pois já tem novos planos! Segundo ele, esses objetivos incluem equipar o Fusca (para quando ele tiver idade para dirigi-lo) e custear a faculdade. E ele tem tudo para conquistar esses sonhos!

Veja também!

  • Quer economizar também? Conheça mais seis histórias de quem realizou conquistas quebrando o porquinho.
  • Que tal seguir o exemplo do Thiago e comprar um carro à vista? Clique aqui para saber mais sobre o pagamento à vista e financiado de veículos.

 


Compartilhe