Título de eleitor – O que é e o que significa - Konkero

Título de eleitor - O que é e o que significa

Entenda o que é o título de eleitor e saiba qual a importância desse documento.

O título de eleitor, também chamado de título eleitoral, é o documento que identifica um cidadão como eleitor, ou seja, uma pessoa que participa das votações promovidas durante os períodos de eleição. Sem ele, não é possível votar e participar das eleições.

Ele é um documento sem prazo de validade e obrigatório para pessoas nascidas no Brasil ou naturalizadas brasileiras e acima de 18 anos. Já para analfabetos, jovens de 16 e 17 anos e idosos acima de 70 anos, é opcional realizar o voto.

Além de ser necessário para que o cidadão seja ativo na política de seu país, o título de eleitor também pode ter outras funções. Normalmente, ele é solicitado no registro de funcionários, emissão de passaporte, matrícula em faculdades e universidades, inscrição em concursos públicos, entre outros.

Atualmente, é possível ter acesso a uma versão digital do título de eleitor no smartphone, via aplicativo. Através do e-Título, que pode ser baixado em sistemas Android e iOS, informações como zona eleitoral, situação cadastral, certidão de quitação eleitoral e certidão de crimes eleitorais podem ser consultadas facilmente.

Título de eleitor: o que isso muda na minha vida

Para emitir o seu primeiro título de eleitor, é preciso agendar o atendimento e comparecer ao cartório eleitoral que atende a região da sua residência ou ir até uma unidade do Poupatempo que ofereça serviços eleitorais com os documentos necessários. São eles:

  • Documento de identificação original (RG, Certidão de Nascimento ou Casamento, CTPS, Carteira emitida pelos órgãos criados por lei federal, controladores do exercício profissional, passaporte);
  • Comprovante de residência (original, digital ou cópia, em nome do eleitor, com data de emissão inferior a 3 meses do atendimento – caso não tenha nenhum comprovante em seu nome, o cidadão deve levar o que tem, acompanhado da comprovação de ligação entre ele e o dono do comprovante);
  • Apenas para os homens: Comprovante de quitação do serviço militar (Certificado de Alistamento Militar – CAM –, Certificado de Reservista, etc, vias originais, em bom estado).

O serviço é gratuito e o documento é retirado na hora. O prazo para a emissão em anos de eleição é 151 dias antes da eleição, e em outros anos, pode ser feito no ano todo.

Em alguns estados brasileiros, também é necessário fazer a biometria, que é o cadastro da foto, assinatura e impressão digital do cidadão, que ajuda no controle na hora da votação, impedindo que outra pessoa vote em seu lugar.

Caso você perca o seu título de eleitor por qualquer motivo, ou queira mudar o seu local de votação, se houver mudanças de bairro, cidade ou estado, ou ainda precise atualizar seu nome, você pode solicitar uma segunda via. Para isso, basta realizar o mesmo procedimento da emissão da primeira via.

Este serviço de atualização também é gratuito, desde que o eleitor esteja regular com a Justiça Eleitoral, ou seja, tenha votado nas eleições anteriores ou tenha justificado a ausência do voto. Lembrando ainda que, através do aplicativo e-Título, é possível ter a versão digital em mãos sempre que estiver com o smartphone.

Você pode saber mais sobre o título de eleitor aqui.

Veja também!