Taxa pós-fixada – o que é e o que significa - Konkero

Taxa pós-fixada - o que é e o que significa

Entenda o que é a taxa pós-fixada e saiba como ela pode influenciar no rendimento do seu investimento.

A taxa pós-fixada é um tipo de taxa de juros aplicada em investimentos de renda fixa.  Com essa taxa, os investidores só sabem qual será a sua rentabilidade ao final da aplicação.

Os investimentos com taxa prefixada permitem que seus investidores saibam exatamente qual será o rendimento no momento da aplicação, uma vez que a taxa é estabelecida previamente, independente da inflação.

Já a taxa pós-fixada, ao contrário, pode variar, mesmo sendo parte de investimentos de renda fixa. Sua variação é de acordo com indexadores externos, que podem ser o CDI, o SELIC o IPCA, o IGP-M, entre outros. Assim, o rendimento varia de acordo com as movimentações destes indexadores. Por essa razão, quem aplica sobre ela não sabe qual será o rendimento previamente.

Taxa pós-fixada: o que isso muda na minha vida

Ao optar por fazer um investimento em renda fixa, que apresenta um risco menor do que o de um investimento de renda variável, aplicar em taxas pós-fixadas pode gerar um rendimento maior do que em taxas prefixadas. Caso os indexadores externos aumentem, a taxa de juros também aumentará, influenciando no crescimento do rendimento.

Porém, antes de aplicar, é necessário analisar o contexto econômico do país. Se as taxas de juros estão subindo, o investimento vale a pena. Agora, se estão caindo, o melhor é investir em taxas prefixadas, pois ela permanece mesmo se as demais taxas caírem.

Veja também!