Taxa de embarque – O que é e o que significa - Konkero

Taxa de embarque - O que é e o que significa

Entenda o que é a taxa de embarque e para que ela serve.

A taxa de embarque ou taxa aeroportuária é um valor que deve ser pago obrigatoriamente junto com a passagem aérea. Todos os passageiros devem pagar esta taxa, cujo valor é determinado pela ANAC, a Agência Nacional de Aviação Civil.

A taxa de embarque pode variar de acordo com o tipo de voo – doméstico (nacional) ou internacional, e com a categoria de cada aeroporto. São quatro as categorias possíveis, sendo a categoria 1 que possui nos aeroportos com maior infraestrutura e, consequentemente, uma tarifa maior. Já na categoria 4, os aeroportos com infraestrutura inferior exigem uma taxa de embarque mais barata.

A cobrança da taxa aeroportuária é feita para cobrir os gastos com salário de funcionários do aeroporto, manutenção de aparelhos, como escadas e esteiras rolantes, bem como de suas dependências, para manter sala de espera e pistas, ar condicionado, entre outras despesas. Desta forma, a partir do momento que o passageiro coloca os pés no aeroporto e utiliza qualquer recurso disponível ali dentro, ele precisa pagar esta taxa.

Taxa de embarque: o que isso muda na minha vida

A taxa de embarque tem seu valor determinado pela Agência Nacional de Aviação Civil, a ANAC, de acordo com o nível do aeroporto (nacional ou internacional) e a categoria que ele se encaixa. Esse valor é repassado para a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária – Infraero, para a manutenção de estrutura dos aeroportos, como suas pistas, salas de embarque, desembarque e todas as áreas que compõem o espaço, além de também ser usado no pagamento dos funcionários.

É importante lembrar que a taxa de embarque nem sempre é cobrada junto à passagem para o voo, como acontece nos voos nacionais e internacionais que saem do Brasil. Muitos aeroportos pelo mundo cobram a taxa de embarque à parte aos seus passageiros, que deverão pagá-la no momento do check-in e com a moeda local. Por isso, fique atento e lembre-se de se informar se no valor da passagem já está inclusa a taxa de embarque.

Saiba também que esta taxa não pode ser parcelada. Caso você opte por parcelar o valor de suas passagens aéreas, saiba que você terá que pagar na primeira parcela o valor integral da taxa de embarque. Sendo assim, a primeira parcela sempre será mais alta do que a demais, pois contará com a taxa de embarque.

Se por alguma razão você não for mais viajar, seja por desistência ou por um atraso, o pagamento da taxa aeroportuária não é obrigatório, caso você não chegue ao aeroporto. Se você já pagou a taxa no momento da compra da passagem aérea, você tem até 365 dias após a emissão da passagem para solicitar o reembolso. Agora, se você não vai mais voar, mas entrou no aeroporto, a obrigatoriedade permanece.

Veja também!