Passe Livre Estudantil: Tudo que você precisa saber - Konkero

Passe Livre Estudantil: Tudo que você precisa saber

Em 2015, a prefeitura de São Paulo aprovou o Passe Livre Estudantil. Entenda melhor como funciona e saiba se você tem direito.

Onibus

O Bilhete Único da cidade de São Paulo existe desde 2004 e possibilita a integração de tarifas nos ônibus, trens e metrô. Mas isso todo mundo já sabe, né?

Há quatro anos, a prefeitura liberou o passe livre para estudantes de baixa renda, participantes do Prouni e do Fies. Consiste na isenção total do pagamento de embarque no transporte público da cidade de São Paulo.

Quem tem direito ao Passe Livre Estudantil

Alunos da Rede Pública:

  • Todos os alunos do Ensino Fundamental e Médio têm direito ao passe livre;
  • Alunos de cursos técnicos e profissionalizantes têm direito se tiverem baixa renda. Ensinaremos abaixo como preencher e solicitar o requerimento;
  • Alunos do Ensino Superior e Tecnólogos também têm direito ao Passe Livre se comprovarem baixa renda.

Alunos da Rede Privada:

  • Todos os alunos participantes de programas sociais como o  Prouni, Fies, Bolsa Universidade ou  Cotas Sociais têm direito ao Passe Livre;
  • Alunos de cursos técnicos e profissionalizantes tem direito ao Passe Livre apenas se comprovarem baixa renda. Ensinaremos abaixo como preencher e solicitar o requerimento;
  • Alunos do Ensino Superior e Tecnólogo também tem direito ao Passe Livre se comprovarem baixa renda;
  • Alunos que tenham renda familiar inferior a 1,5 salário mínimo por membro da família (R$ 1.497,00) podem utilizar o Passe Livre.

Como fazer o Passe Livre

Para solicitar o Passe Livre Estudantil é necessário que você já possua um Bilhete Único cadastrado, mas não serve aquele seu primeiro Bilhete, é necessário que esse Bilhete tenha sido emitido depois de 2014.

Se você não se cadastrou ainda, cadastre-se aqui.

Depois é necessário solicitar que a instituição de ensino envie seus dados de matrícula para a SPTrans. Então em alguns dias sua solicitação já estará no sistema da SPTrans, mas ainda será necessário ativar o cartão, por isso você deve acessar o site da SPTrans aqui. Veja abaixo um exemplo.

cadastro bilhete unico

Para ativar seu benefício do Passe Livre você terá que pagar a taxa de ativação no valor de R$ 30,10. Após a confirmação de pagamento seu cartão será enviado à instituição de ensino.

Como preencher a Auto Declaração de Baixa Renda

Acesse o seu cadastro e no menu, ao lado esquerdo da tela, clique na opção “Estudante – Solicitação de Benefício” preencha e envie o formulário eletrônico. No prazo de 24 horas você saberá se tem direito à gratuidade.

Desde 2018, a prefeitura de São Paulo solicita que todos os beneficiários do Passe Livre estejam inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) para programas sociais do governo. Para realizar o cadastro é necessário ir até um centro de assistência social (Cras) mais próximo da sua residência e levar uma cópia do RG ou título de eleitor de todos os integrantes da família.

O beneficiário será entrevistado por um assistente social e confirmar as informações cadastradas na SPtrans. Se estiver tudo certo, o benefício será liberado para o estudante dentro de 45 dias.

Como funciona o Passe Livre Estudantil

Para recarregar as cotas do seu cartão é necessário ir À umas das máquinas de carregamento. É preciso recarregar duas vezes seguidas, uma para as cotas de ônibus e outra para as cotas de trem e metrô.

As cotas são definidas pela instituição de ensino de acordo com suas aulas e variam de 5 a 24 cotas diárias. Se você tem aula todos os dias da semana será liberado o benefício máximo de 24 cotas, se você tem aulas apenas alguns dias da semana as cotas liberadas serão proporcionais.

As cotas são diárias e assim que você passa pela primeira vez o cartão começa uma contagem regressiva, o que significa que depois de 24h será debitada uma nova cota.

Em cada cota permite o acesso a oito ônibus e duas entradas ao metro ou trem.

Estudantes de rede privada têm direito ao Passe Livre?

Apenas se forem do Ensino Superior podem solicitar a gratuidade por baixa renda (até 1,5 salário mínimo por membro da família). Os beneficiários de programas sociais como Prouni ou Fies têm direito automático.

Mas se forem do Ensino Fundamental ou Médio, mesmo que bolsistas integrais têm direito à 50% de desconto na passagem.

Estudantes do Pronatec têm direito ao Passe Livre?

Sim, se você frequenta o curso em uma instituição de ensino da rede privada e comprovar baixa renda. Se não comprovar baixa renda, você pode ter direito à 1/2 passagem.

Saiba mais!

Você pode ver outras perguntas pertinentes à gratuidade estudantil no site da SPTrans clicando aqui.



Também pode conferir o Manual de Instruções para estudante aqui.

Fonte imagem: divulgação Prefeitura


Precisando de dinheiro?
Solicite empréstimo pessoal online na KeroGrana.