Minha Casa Minha Vida – o que é e o que significa - Konkero

Minha Casa Minha Vida - o que é e o que significa

Saiba o que é o programa social Minha Casa Minha Vida e entenda como ele funciona. 

O Minha Casa Minha Vida é um programa social do governo que financia a compra de imóveis novos ou em construção para famílias com renda mensal de até R$ 7 mil. Para participar, algumas regras devem ser seguidas, entre elas, o valor máximo do imóvel, que muda conforme a localidade em que o imóvel será comprado. Veja alguns exemplos:

  • Na região metropolitana de São Paulo, no Rio de Janeiro e no Distrito Federal, o imóvel deve valer até R$ 225 mil;
  • ]Já nas regiões metropolitanas de Rio Grande do sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais e Espírito Santo, o limite é de R$ 200 mil;
  • Nas demais cidades do país, o imóvel deve valer até R$ 180 mil;
  • Nas cidades com até 20 mil habitantes, o limite é R$ 90 mil.

Além disso, os participantes do programa são enquadrados em quatro faixas de renda. São elas:

Faixa 1: nesta faixa estão as famílias com renda bruta de até R$ 1.800,00, que contam com um financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que podem variar entre R$ 80,00 e R$ 270,00, conforme a renda.

Faixa 1,5: as famílias com renda bruta de até R$ 2.600,00 estão nessa faixa, devendo pagar taxas de juros de 5% ao ano, com até 30 anos para pagar e com subsídios de até R$ 47.500;

Faixa 2: na faixa 2 estão as famílias com renda bruta de até R$ 4 mil, com direito a subsídio de até R$ 29 mil;

Faixa 3: famílias com renda bruta de até R$ 7 mil estão na faixa 3, com taxas de juros diferenciadas em relação ao mercado.

Minha Casa Minha Vida: o que isso muda na minha vida

Com o programa Minha Casa Minha Vida, disponibilizado pelo Governo Federal, é possível financiar sua casa própria com melhores condições de pagamento, menores taxas de juros, altos valores de subsídios, menores valores do próprio imóvel e, ainda, redução no valor do seguro que é cobrado em um financiamento habitacional.

Para participar do programa, é necessário que sua renda familiar mensal seja até R$ 7 mil, e o imóvel que você escolheu esteja dentro das regras do programa, conforme o lugar escolhido. É possível encontrar muitas construtoras que aceitem o financiamento do imóvel através do programa.

Se sua família se encaixa na faixa 1, será preciso se inscrever na prefeitura de sua cidade ou numa entidade organizadora para dar início ao processo de seleção. Caso sua família seja selecionada pela prefeitura e validada pela Caixa, você será comunicado sobre a data do sorteio das unidades e da assinatura do contrato de compra e venda do imóvel.

Famílias que fazem parte das demais faixas podem contratar o financiamento em entidades organizadoras ou individualmente, fazendo uma simulação para saber o quanto você poderá investir e entregando a documentação em um Correspondente Caixa Aqui ou numa agência da Caixa Econômica Federal. Assim, a Caixa vai receber e analisar a documentação e a documentação do imóvel escolhido e te mostrará as melhores condições para o financiamento. Desta forma, o contrato de financiamento é assinado após a aprovação e validação do cadastro.

Você pode entender mais sobre o programa Minha Casa Minha Vida nesta matéria.

Veja também!