Genérico - O que é e o que significa

Descubra o que são os medicamentos genéricos e qual a diferença entre eles e os medicamentos de referência.

Os medicamentos genéricos são aqueles que possuem o mesmo princípio ativo de um medicamento de referência, porém, não tem marca. Ou seja, a substância essencial para o tratamento necessário entre esses dois tipos de medicamentos são iguais, mas o medicamento genérico é conhecido e identificado justamente por essa substância e não por um nome específico.

Os genéricos possuem um valor mais acessível para o grande público. Eles podem chegar a ser 35% mais baratos que a mesma fórmula vendida por uma farmacêutica com um nome específico na embalagem.

Segundo o site da ANVISA, a “substituição do medicamento de referência pelo seu genérico é assegurada por testes de equivalência terapêutica, que incluem comparação in vitro, através dos estudos de equivalência farmacêutica e in vivo, com os estudos de bioequivalência apresentados à Agência Nacional de Vigilância Sanitária”.

Para reconhecê-los, basta identificar a faixa amarela e a letra “G” presente na embalagem do medicamento. A substituição do remédio prescrito pelo medicamento genérico pode ser realizada apenas pelo farmacêutico responsável pela farmácia ou drogaria.

Genérico: o que isso muda na minha vida

Medicamentos de referência são aqueles de marca, conhecidos popularmente e também bastante indicados pelos médicos. Sua eficácia é reconhecida junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA e, a partir deles, são criados os medicamentos genéricos, que possuem o mesmo princípio ativo necessário para realizar o tratamento do paciente, mas não tem marca (nome do laboratório).

A venda dos medicamentos genéricos também é reconhecida pela ANVISA, mas a sua fabricação só pode ser feita a partir do momento em que os direitos de exclusividade por parte dos laboratórios dos remédios de marca expiram. Assim, os preços do genérico costumam ser mais baixos, se comparados aos medicamentos de referência.



Os genéricos podem gerar bons descontos na hora de comprar remédios receitados pelo médico. Muitas vezes o profissional possui vínculo com a farmacêutica que produz o medicamento e acaba indicando os de referência.

Caso a fórmula esteja disponível para produção genérica, o preço pode sair mais barato, tendo em vista as normas estabelecidas pela ANVISA. Os genéricos são encontrados em qualquer farmácia e também distribuídos pelo SUS.

Veja também!


Compartilhe