Financiamento - o que é e o que significa

Descubra o que significa financiamento e o que isso muda na sua vida.

Financiamento é uma dívida feita entre o consumidor e o banco ou financeira. Estas empresas cedem o dinheiro apenas para o cliente que vai comprar um bem. Diferente do empréstimo, as taxas são mais baratas porque o valor do financiamento é uma ajuda para comprar um determinado item.

O financiamento é mais usado na compra de carros, motos e imóveis porque possuem valores considerados maiores pelo mercado. A cobrança da dívida pode ser feita por boleto bancário, débito automático ou cartão de crédito.

As taxas de juros podem chegar a 4,5 % ao mês dependendo do banco ou financiadora que o cliente escolher. Nesses casos é fundamental pesquisar em qual agência vale mais a pena fechar negócio.

O bem financiado é a garantia que a dívida será paga. Vale lembrar que, se não houver pagamento do valor estabelecido com a financiadora do objeto, ele pode ser tomado como forma de pagamento.

A seguir, vamos mostrar os diferentes tipos de financiamento que existem no mercado e dicas para não ter que devolver o bem como garantia.

Financiamento de veículo

O financiamento de automóveis é um dos mais procurados do mercado devido à forma mais rápida de conseguir a liberação do valor solicitado e as taxas de juros serem mais acessíveis. Nesse tipo de acordo existem duas categorias disponíveis: o Leasing e o Crédito Direto ao Consumidor, o CDC.

O leasing não permite que o carro fique no nome do comprador antes do financiamento ser quitado. O veículo é de responsabilidade da agência financiadora até o pagamento final das parcelas.

Já o CDC gera o contrato de pagamento e o veículo pode ficar em seu nome. Outra diferença entre as duas modalidades está nas taxas de juros. Os juros do leasing são menores em relação aos do crédito direto. Conheça o leasing e o crédito direto ao consumidor.

Financiamento imobiliário

Esse tipo de financiamento é destinado para a compra de imóveis, sendo eles novos ou usados e para qualquer finalidade. O crédito pode ser concedido por bancos públicos e privados.

Antes de liberar o crédito para o cliente, as financiadoras precisam avaliar algumas informações. O mais comum é verificar a situação financeira como um todo do indivíduo e em órgãos como o SPC ou Serasa para ver se ele tem condições de arcar com o financiamento do automóvel.

As parcelas do financiamento podem chegar a 30 anos, dependendo do acordo feito. É possível realizar o pagamento antes dos prazos estabelecidos se o cliente preferir e puder. Basta ir ao banco ou agência financiadora, recalcular a dívida com os juros e realizar o pagamento.

Financiamento estudantil

É possível adquirir um crédito exclusivo para os estudos. Bancos públicos e privados oferecem planos de financiamento para pagar universidades e cursos extracurriculares.

O FIES, programa do governo federal, permite financiar o curso e realizar o pagamento após o término. A aprovação desse modelo irá depender da pontuação do candidato no Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM e da instituição que oferece o curso.

Outra opção são as agências privadas. Elas funcionam da mesma forma que o financiamento em bancos públicos, porém as taxas de juros podem ser maiores.

Financiamento: o que isso muda na minha vida

Fazer um financiamento é uma das alternativas para comprar um carro ou um imóvel se você não tem todo o dinheiro. Há cobrança de juros, que varia conforme o valor e a duração do financiamento. Por isso, é sempre bom se programar e garantir que pagará as parcelas. Caso contrário, você corre o risco de perder o bem.



É fundamental pesquisar as agências que realizam o tipo de financiamento do seu interesse para escolher a melhor opção. Se por acaso ocorrer a falta de pagamentos, entre em contato com banco e tente renegociar os valores.

Veja também:

Guia de palavras – Crédito
Guia de palavras – Konkero


Precisando de dinheiro?
Solicite empréstimo pessoal online no ibi Digital.